Eunápolis: seis funcionárias do Hospital Regional acusam vereador Francis Gabriel de agressão

Nesta quarta-feira (26/01), a funcionária pública municipal e diretora administrativa do Hospital Regional de Eunápolis, Cristiane Gamarra e mais 5 servidoras (Valéria Moura, Edilene Lemos, Itana Guimarães, Jubinalva Souza e Sara Reis), registraram Boletim de Ocorrência (B.O.) na 1ª Delegacia de Polícia local contra o vereador Franskley Oliveira, conhecido como Francis.

Conforme consta na queixa, na manhã de terça-feira (25/01), o político agrediu verbalmente as servidoras com xingamentos e palavras ofensivas, difamando as 6 vítimas. Além disso, visivelmente nervoso, o edil agiu com truculência, dando murros na porta da sala da diretoria do hospital. Ainda segundo relato das vítimas, Francis estava acompanhado de mais duas pessoas, uma delas com uma filmadora. O ato do vereador causou grande constrangimento e humilhação para as 6 servidoras no exercício da função.

Eleito pelo PTC, Franskley é ligado ao ex-vereador José Ramos Filho, sócio do hospital particular Ramos. O vereador não foi localizado para esclarecer o fato. A Câmara Municipal suspendeu as atividades essa semana por conta de casos de covid entre funcionários da instituição.

Últimas Noticias

Justiça nega pedido e mantém julgamento de Flordelis

A Justiça carioca negou hoje (20) o pedido da defesa da ex-deputada federal Flordelis dos Santos de Souza para...