COLUNA DO MEIO: duas opções para vice de Jerônimo, operação MDB e Geraldo Júnior na parede

1. MDB encaminhado com PT: O ex-ministro Geddel Vieira Lima voltou ao jogo e atua diretamente nas articulações políticas da sigla. Ele e seu irmão Lúcio Vieira Lima exigem 380 mil votos na legenda para eleger dois deputados federais, além de espaços no governo petista. Sem isso, perdem o partido na Bahia. As tratativas estão bem encaminhadas com Jaques Wagner, Rui Costa e Luiz Caetano. Inclusive, o ex-secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, já despacha no partido.

2. Espaços: Rafael Amoedo, que já liderou a antiga Indústria e Comércio, é um dos nomes que surge na roda do MDB e do PT para Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). O partido dos irmãos Vieira Lima também almeja, segundo fontes, o comando da Juceb.

3. Lúcio ao IB: “O mar está revolto demais nesse momento, vamos aguardar“.

4. Debandada no MDB: Exatamente 8 importantes quadros do partido e que seriam pre-candidatos vão se desfiliar, em caso de rompimento com a base de ACM Neto, que disputará o governo baiano. Isso inclui a deputada estadual Kátia Oliveira e o vereador Maurício Trindade. Outro que também estava bem encaminhado e deverá não filiar-se é Emerson Penalva. Chapa esbagaçada. Até dia até 2 de abril ocorrem as filiações. Porém, até dia 9, é possível também.

5. Tempo de rádio e TV: Com MDB, ACM Neto teria de 9 a 6 inserções diárias. Sem, 8 a 5.

6. Geraldo na parede: Se confirmada uma nova aliança com o PT, os irmãos Vieira Lima sonham em indicar o presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), para a vice de Jerônimo Rodrigues. Também não é uma missão fácil, embora “quem virou águia, não pode ser galinha”. A decisão de Geraldo é terça-feira (29/03).

7. Possível saída: Qual o interesse de Geraldo Júnior em se posicionar com tanta força e romper com ACM Neto e Bruno Reis? Ser vice de Jerônimo é um sacrifício que tudo se opõe a isso. Pode ganhar, pode. E se ele não ganhar? Qual o futuro dele? Geraldo vai comprar essa briga mesmo? Porém, é fato que Geraldo comanda alguns vereadores e cria problema.

8. Rodrigo Hagge: O prefeito de Itapetinga já teria avisado que as chances de pular para o lado do PT são zero.

9. Especulação do Plano B: Uma segunda opção do PT para vice na chapa liderada por Jerônimo Rodrigues seria Angela Guimarães, presidente nacional do Unegro e militante histórica do PCdoB.

10. Alipinho da Doce do Mel: O empresário baiano, pré-candidato a deputado federal e filiado ao Solidariedade fez um duro desabafo no grupo Celebridades Políticas, na noite de domingo (27/03). Ele acredita que o articulador do União Brasil e prefeito Bruno Reis estaria levando integrantes do seu partido para o PP, de João Leão. Afirma que Flaviano de Santo Amaro e Lucas Bocão de Teixeira de Freitas, por exemplo, teriam sido procurados, mas fontes do UB garantem que a afirmação de Alipinho não procede.

11. Defesa: O deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP), que foi colega do vice-prefeito quando ambos eram deputados estaduais, rebateu: “Bruno Reis é um homem de bem e de palavra”.

12. Privilegiados: Pré-candidatos, Cabo Ivan Leite e Pastor Tom só vão decidir o destino partidário em julho, pois são militares da ativa. Os meros mortais tem até 2 de Abril.

13. PV: O deputado federal Bacelar deve ser indicado como novo presidente do PV e precisa chegar de mansinho. Além de Bacelar, podem ir para o time verde os deputados estaduais Roberto Carlos, Vitor Bonfim, Fabíola Mansur, Marcelo Oliveira (filho de Jurandir Oliveira) e Marquinho Viana. Por falar em PV, o militante histórico Edson Duarte foi convidado para ser secretário de Estado de Rui Costa e teria recusado

14. A lista dos deputados estaduais está encaminhada, mas ainda não é hoje que sairá. Motivo? Tem pré-candidato em cinco partidos diferentes. Antecipo um detalhe: na federação da Esquerda há 20 candidatos de mandato para 14 vagas. ANOTA AÍ: Edição especial no dia 31 com todos os detalhes.

Últimas Noticias

Pequeno Cidadão: SAC promove atendimento exclusivo para crianças em nove postos do interior

O Projeto Pequeno Cidadão, que promove um atendimento exclusivo a crianças e adolescentes até 17 anos, para a emissão...