Brasil fatura 16 medalhas nos Jogos Sul-Americanos da Juventude

O Brasil fez uma estreia de gala no primeiro dia dos Jogos Sul-Americanos da Juventude, em Rosário (Argentina), antes mesmo da cerimônia de abertura programada para às 20h desta quinta-feira (28), com transmissão ao vivo no Canal Olímpico. O Time Brasil já conquistou 16 medalhas, sendo 12 na natação (cinco ouros, três pratas e quatro bronzes) e o restante no taekwondo (três ouros e um bronze).

Esta é a terceira edição do evento, com 2.500 atletas de 15 países. A delegação brasileira conta com 230 representantes de até 18 anos. As disputas são transmitidas ao vivo pelo Canal Olímpico. Confira AQUI a programação completa.

Na natação Luíza Lima foi a primeira a subir no lugar mais alto do pódio ao vencer os 800m livre, em 8min47s68. Na sequência, a paulistana Stephanie Balduccini, de 17anos, que disputou a Olimpíada de Tóquio (Japão) no ano passado, subiu duas vezes ao pódio: primeiro venceu nos 200 medley, e minutos depois ela faturou a prata nos 100m livre, atrás apenas da compatriota Giovana Reis Medeiros que assegurou o ouro. Ambas já estão classificadas pra o Mundial de Natação de Budapeste (Hungria).

E teve dobradinha nacional nos 200m meddley masculino: Stephan Steverink – também com vaga no Mundial – foi ouro ao concluir a prova em 2m04s93 e Guilherme Kanzler (2m08s66) ficou com o bronze ao chegar em terceiro lugar.

A segunda dobradinha verde e amarela ficou com Pedro Henrique de Souza (prata) e Lucca Tonin (bronze) nos 50m costas. E fechando o dia, veio o quinto ouro no revezamento misto 4x100m (com Lucas Tudoras, Guilherme Sperandio, Giovana Medeiros e Stephanie Balduccini).

Taekwondo
A atleta Thaisa Batista foi a primeira a conquistar o ouro na modalidade, ao vencer adversária equatoriana por 25 a 8 na categoria até 73 quilos. Henrique Marques também sobrou diante do colombiano Gutierrez, 24 a 7, e garantiu sua medalha dourada, nos 73 Kg. O terceiro ouro na modalidade veio com Maria Eduarda Trajano que derrotou rival boliviana por 13 a 0 na categoria 63 kg. Já o bronze ficou com Matheu Bartholo que foi superado por adversário chileno na semifinal dos 63 kg.

Tênis
O curitibano João Schiessl venceu por 2 sets a 1 o colombiano Camilo Cano, e mais tarde, ao lado do compatriota Vitor Tosetto ganhou a disputa de duplas contra os panamenhos Julia Acla e Rau Garuz, com um duplo 6/0.

Tênis de mesa
O Brasil avançou às semifinais da modalidade como Giulia Takahashi – irmã de Bruna, mesatenista olímpica – e Laura Watanabe. Elas voltam a jogar às 10h desta sesta sexta (29).

Últimas Noticias

Fazendo dieta? Quatro alimentos enganadores, diga não!

Talheres ao alto! A verdade é que certos alimentos saudáveis, podem ser enganadores e até engordar. Alimento saudável não...