Coluna do Meio: cenário eleitoral do Sertão do São Francisco, clima de ‘já ganhou’, gol do PP e Bruno provoca Rui

1. Como votam os prefeitos das 20 maiores cidades da Bahia? Treze gestores já declararam apoio ao pré-candidato ao Governo ACM Neto (UB) e seis deverão ficar com Jerônimo Rodrigues (PT). Apenas Jânio Natal, de Porto Seguro, ainda não confirmou seu apoio. Estão com Neto os prefeitos de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro, Jequié, Teixeira de Freitas, Barreiras, Simões Filho, Eunápolis, Santo Antônio de Jesus, Candeias e Guanambi. Do lado de Jerônimo estão os gestores de Lauro de Freitas, Itabuna, Ilhéus, Alagoinhas, Paulo Afonso e Valença.

2. Os integrantes do Governo estão comendo pelas beiradas e investindo pesado até mesmo em ex-vereadores. Para se ter ideia da dimensão da operação petista, o governador Rui Costa, recentemente, em um hotel de Juazeiro, conversou com mais de 100 lideranças.

3. Da região do Sisal, um prefeito que transita bem no PT e no UB conversou com o Informe Baiano em off: “Esse clima de ‘já ganhou’ pode prejudicar Neto e ser fatal. Isso aconteceu em outras épocas, não é bom. Eu sei que Neto está trabalhando muito, mas o problema é o seu Exército. Outra questão: ele tem que chamar outras lideranças para mais perto dele”.

4. O prefeito de Vera Cruz, Marcus Marques (MDB), participou de um evento ao lado do governador há algumas semanas e rasgou elogios ao petista. A repercussão não foi boa na cidade, já que o mesmo sempre foi aliado de Neto. Agora, o jovem gestor fez uma enquete em seu Instagram e o resultado foi parecido com a pesquisa IB/Séculus, divulgado na semana passada. Um assessor disse a esta coluna que “nunca passou pela cabeça de Marquinhos apoiar o PT, pois o jogo é jogado”.

5. Neste domingo (01/04), Dia do Trabalhador, o ex-presidente Lula em discurso afirmou que “não é possível falar de eleições porque eu não sou candidato ainda”. O objetivo, na verdade, foi enviar um recado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE): “Vocês sabem que nós não temos muita gente favorável, sabe, na Justiça. Pode ter gente que não goste do que nós estamos falando”. O ex-presidente revelou ainda no evento que deverá oficializar sua pré-candidatura em 7 de maio.

6. Gandu: Estava quase tudo certo para o prefeito Nel de Neco seguir a orientação do governador Rui Costa e apoiar o pré-candidato a deputado estadual Patrick de Jitaúna. Porém, o deputado federal Ronaldo Carletto entrou em campo, tomou a bola do PT e botou colega de partido Niltinho na cara do gol. O pepista não desperdiçou a jogada: mínimo de 5 mil votos na conta, já que em 2018 o mesmo grupo deu pouco mais de 6 mil votos para Aderbal Caldas.

7. Provocador, o prefeito Bruno Reis teve um suposto ato falho no domingo (01/05), coincidentemente após uma série de ataques da base petista contra o time do União Brasil. O gestor da capital participou da inauguração do Hospital Mater Dei ao lado de Rui Costa e do seu pré-candidato ao governo ACM Neto. “Queria cumprimentar o ex-governador… Desculpe, o governador Rui Costa. Não é porque o mandato está chegando ao final não, gente”.

8. Rui corta Neto da foto: As publicações dos três principais líderes políticos de Salvador nas redes sociais sobre o evento da Mater Dei chamaram atenção. Neto e Bruno divulgaram fotos com Rui. Já Rui, excluiu a imagem de ACM Neto com um zoom que deixou o registro com baixa qualidade.

Apuração do IB mostra que o cenário no território do Sertão do São Francisco, onde o PT era franco favorito, mudou completamente.

9. Dos 10 municípios do território do Sertão do São Francisco, que tem mais de 500 mil habitantes, os articuladores da região acreditam que Neto ganhe em pelo menos cinco e o PT em três. Outros dois o jogo está embolado. Cidades com tendência de triunfo netista hoje: Casa Nova, Curaça, Juazeiro, Remanso e Sento Sé. Municípios com tendência de vitória petista: Campo Alegre de Lourdes, Canudos e Uauá. Em Sobradinho e Pilão Arcado o jogo está embolado.

10. Pilão Arcado: O prefeito Orgeto Bastos (PP) tem desfrutado de excelente avaliação. Seu federal é Cacá Leão (PP) e seu governador deverá ser Jerônimo Rodrigues (PT). Hoje, ele tem quatro deputados estaduais: Antônio Henrique Júnior (PP), Luciano Simões Filho (UB), Roberto Carlos (PV) e Júnior Muniz (PT). Ou seja, dois ligados ao PT e dois ligados ao UB. Já a banda B, que são os ex-prefeitos e ex-candidatos a prefeito, votam com o time do PSDB: Adolfo Viana (federal) e Jordávio Ramos (estadual). Quem também tem voto na cidade é o federal Diego Coronel.

11. Sento Sé: A prefeita Ana Passos e seu marido, o ex-prefeito Juvenilson Passos tendem a votar em Jerônimo. Porém, o deputado estadual majoritário da cidade é Júnior Nascimento (UB), que é primo do deputado federal Elmar Nascimento (UB), um dos principais articuladores de Neto. Ou seja, votam na majoritária com o PT e na proporcional com o União Brasil. Será que esse cenário continua após agosto?

12. Juazeiro: Se enganou quem achou que a prefeita Suzana Ramos (PSDB) não mostraria o seu prestígio político e ficaria em cima do muro. A tucana colocou mais de 5 mil pessoas na Via Show. Joseph Bandeira, que recentemente indicou o filho como secretário de Agricultura, ficou uma arara vermelha.

Pesquisa Informe Baiano/Séculus aponta vitória de ACM Neto para o governo no primeiro turno; confira os números

Últimas Noticias

Ipea: Uma a cada quatro pessoas poderia trabalhar remotamente

No Brasil, aproximadamente uma a cada quatro pessoas poderia trabalhar de forma remota, de acordo com o Instituto de...