Tiago Correia rebate ataque de presidente do PT contra Cacá Leão: “totalmente desconectado”

O deputado estadual Tiago Correia (PSDB) rebateu o ataque do presidente do PT da Bahia, Éden Valadares, ao deputado federal Cacá Leão, que recentemente deixou a base do governo Rui Costa e desembarcou no grupo de ACM Neto (União Brasil).

Éden disse que a substituição de João Leão por Cacá, para a disputa ao Senado Federal nas eleições deste ano, é uma repetição da velha forma de fazer política na Bahia.

“Ele faz um discurso totalmente desconectado ao que é praticado dentro do seu próprio partido. O PT nunca deu espaço para ninguém. Nunca consultou às suas bases sobre as decisões de chapa majoritária, e em toda sua história nunca deu espaço a outros partidos e muito menos à pessoas que não fossem de dentro da cozinha do seus próprios líderes”, disparou Correia.

Segundo o deputado, “um exemplo disso é o que acontece na formação da base governista na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), onde todos os deputados do PT seguem como uma capitania hereditária”. “Não existe um quadro novo, não há renovação. Em relação às escolhas dos candidatos para a chapa majoritária na Bahia, sempre foram nomes inexpressivos vinculados aos líderes do momento, a exemplo de Rui Costa quando foi escolhido por Wagner, e Jerônimo escolhido agora por Rui, sem sequer ouvir os partidos aliados ou os próprio membros, o que gerou revolta e diversas manifestações”, pontuou.

Correia disse que Éden deve ter memória bem curta. “Em relação ao cenário nacional, eles estão trazendo de novo um candidato que já foi presidente por duas vezes, inclusive já dá sinais de cansaço. Mas não são capazes de apresentar um nome novo que mostra a verdadeira renovação”, afirmou.

Para o tucano, Cacá Leão é destaque importante no cenário da política nacional. “Cacá, que até outro dia era aliado deles, já foi deputado estadual, hoje é deputado federal, nacionalmente reconhecido, foi líder do seu partido na Câmara. Ele já foi relator do Orçamento, tendo relevância nacional, e tem todo o mérito para pleitear qualquer vaga em uma disputa estadual ou nacional.
Não é desmerecendo as pessoas e desconsiderando os seus currículos pelas relações familiares que irão consolidar um discurso que não existe. Deve ser muito desespero mesmo”, concluiu.

Últimas Noticias

Mutirão Cadastro Único atende 130 pessoas no bairro de Portão em Lauro de Freitas

Com o “Mutirão Cadastro Único” da Prefeitura de Lauro de Freitas realizado neste sábado (28), 130 moradores do bairro...