“Se o governador tivesse acordado pra vida, já teria demitido secretário de segurança”, diz ACM Neto

Em Brumado, pré-candidato voltou a criticar péssimos índices da Bahia na segurança e defendeu mudança de postura

O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) disse nesta quinta-feira (19) que, após os últimos fatos recentes, o secretário da Segurança Pública do Estado, Ricardo Mandarino, deveria ser demitido. Ele voltou a criticar, em coletiva de imprensa em Brumado, os péssimos índices do Estado na área e defendeu mudança de postura do governador.

“Se o governador tivesse acordado pra vida, já teria, há muito tempo, demitido o secretário de Segurança Pública, que ele escolheu muito mal e que vem, obviamente, fazendo um péssimo trabalho”, afirmou.b

“Na questão da segurança, o exemplo tem que vir de cima. Mas, aqui na Bahia, o governador só quer aparecer quando alguma coisa pode lhe trazer popularidade. Governador não é pra isso. Tem que encarar o problema de frente”, complementou.

Neto pontuou que o secretário voltou a defender a legalização das drogas, o que o pré-candidato do União Brasil considera um “absurdo inaceitável”.

Ele frisou que a Bahia continua na liderança do ranking de homicídios em 2022, com o maior número de mortes violentas no primeiro trimestre, de acordo com o Monitor da Violência. O Estado registrou 13% do total de assassinatos no país.

O ex-prefeito da capital disse ainda que, se for eleito, vai encarar o problema de frente e não vai transferir responsabilidade, como aconteve hoje. “Vou me dedicar pessoalmente para que a gente possa devolver a paz ao cidadão, colocando os bandidos na cadeia”, frisou.

Últimas Noticias

Micro e pequenas empresas já podem aderir ao Pronampe

Apartir desta quinta-feira, 30 de junho, as micro e pequenas empresas já poderão buscar junto ao banco de sua...