Policial que fazia segurança para miliciano ‘Playboy de Curicica’ é preso

O soldado da PM Marcos Roberto França Junior é preso pela Polícia Civil, por fazer a segurança do miliciano Leandro Xavier da Silva, conhecido como Playboy de Curicica. O policial militar foi preso ao atrapalhar a ação de agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (DRACO-IE) que tentavam prender o paramilitar numa boate da Avenida Armando Lombardi, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, na madrugada desta quinta-feira (19).

De acordo com a Polícia Civil, os agentes receberam a informação de que Palyboy estava na casa de shows e foi até o local para capturá-lo. PM foi preso depois de atirar para o alto e simular uma confusão, “com o objetivo de desvirtuar a ação policial e proteger seus pares”. O miliciano acabou fugindo no tumulto.

Na ocorrência foram apreendias 4 pistolas, 2 revólveres, mais de 100 munições, carregadores de pistola, luneta, dois carregadores de fuzil e três granadas de efeito moral.

A Assessoria de Imprensa da PM disse que o Marcos está de licença e “envolveu-se em um desentendimento em uma casa noturna na Barra da Tijuca”. “Informações preliminares indicam que o militar efetuou um disparo de arma de fogo. Com ele, foram recolhidas duas pistolas, uma em situação irregular. O policial está sendo ouvido na Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (DRCO-IE) e a Corregedoria da Corporação, através da 2ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), acompanha o caso”, acrescentou a corporação.

Últimas Noticias

Vitória ganha do Figueirense e se afasta do Z-4 da Série C

O Rubro-negro baiano voltou a ganhar na Série C do Campeonato Brasileiro e encerrou um jejum de quatro jogos,...