Mulher envolvida em morte de estudante possuía três passagens pela polícia e respondia em liberdade

Criminosa de 31 anos acumulava processos por roubo e tráfico de drogas.

A mulher capturada na noite de terça-feira (2), no Subúrbio Ferroviário de Salvador, envolvida na morte da estudante Cristal Rodrigues Pacheco, 15 anos, possuía passagens por roubo e tráfico de drogas e respondia em liberdade.

A criminosa também tinha mandado de prisão da 1a Vara de Tóxicos de Salvador. A ordem foi expedida, em março deste ano.

Em 2011, a mulher foi flagrada comercializando entorpecentes, em Salvador. Quatro anos depois, em 2015, ela voltou a ser apreendida e foi autuada na 5ª Delegacia Territorial (DT) de Periperi por prática de roubos. Em 2017, ela foi detida com cocaína e apresentada na 14ª DT da Barra.

Diligências para localizar a segunda envolvida na morte da estudante seguem sendo realizadas pelas polícias Civil e Militar, com apoio da Superintendência de Inteligência (SI) da SSP.

Últimas Noticias

Fim da dupla Simone e Simaria é confirmado

As irmãs Simone e Simaria confirmaram em portagem nas redes sociais, nesta quinta-feira (18/08), o fim oficial da...