Prefeitura Municipal de Savaldor

Após resultado do Datafolha, Bruno Reis diz que ACM Neto ainda tem margem para crescimento

Foto: Betto Jr.

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), comemorou nesta quarta-feira (24) a liderança disparada de ACM Neto (União Brasil) na corrida pelo governo do estado conforme aponta pesquisa Datafolha, com quase 40 pontos de frente em relação ao segundo colocado, e ressaltou que o ex-prefeito da capital ainda tem margem para crescimento, uma vez que tem a menor rejeição entre os candidatos.

Pela pesquisa, divulgada pela rádio Metrópole, Neto tem 54% das intenções de votos. “Essa pesquisa reflete o resultado de todas as outras pesquisas sérias que foram apresentadas, que colocam sempre ACM Neto acima de 50%, algumas acima de 60%. Isso vem mostrando há meses um sentimento consolidado na Bahia de mudança com segurança, de que o governo que aí está não tem mais capacidade de resolver problemas que estão instalados”, afirmou.

Bruno avalia que o fato de ACM Neto ter a menor rejeição entre os candidatos demonstra que o ex-prefeito da capital pode crescer ainda mais. “É um dado extremamente importante. Isso mostra que ele ainda tem possibilidade de crescimento. Nós sabemos que quanto menor for a rejeição do candidato, maior a possibilidade de crescimento. Se, por um lado, ele aparece com a intenção de voto superior a 40 pontos na frente do segundo colocado, por outro lado com a menor rejeição que ainda tem aí margem para crescimento”, analisou.

Para ele, a diferença entre o currículo de ACM Neto e dos demais candidatos é grande. “Nós somos humildes, temos pé no chão, mas efetivamente se você comparar o histórico, o currículo, serviços prestados, a experiência, a capacidade de Neto com os outros candidatos, a diferença é gritante, brutal. E as pessoas veem isso, as pessoas chegam a essa constatação”, frisou.

O prefeito ainda alfinetou a tentativa do PT de impedir a divulgação da pesquisa. “Os nossos adversários ontem estavam morrendo de medo da publicação da pesquisa, fizerem impugnação e a Justiça rejeitou, porque não tinha nenhum argumento plausível que impedisse a publicação do resultado do principal instituto de pesquisa do Brasil, contratada pela Metrópole, que sem sombra de dúvidas é uma das principais emissoras de rádio da nossa cidade”, salientou.

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Municipal de Savaldor

MP requer suspensão do alvará de funcionamento de cemitério em Serrinha em razão de danos ambientais

O Ministério Público estadual ajuizou ação civil pública contra o Município de Serrinha e o cemitério Paraíso Celestial requerendo,...