Prefeitura Municipal de Savaldor

Expoflora começa na próxima sexta-feira e espera atrair 240 mil visitantes

A maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina terá quatro semanas de duração, no período entre 2 e 25 de setembro, de sexta-feira a domingo, e nos dias 7 e 8 de setembro (quarta e quinta-feira, aproveitando o feriado da Independência do Brasil), das 9 às 19h, em Holambra, interior de São Paulo. O evento não aconteceu nos dois últimos anos devido à pandemia da covid-19

Começa nessa sexta-feira (2 de setembro) a 39ª edição da Expoflora, a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina, que acontecerá até o dia 25, em Holambra, a 134 quilômetros de São Paulo. Esta edição marca a retomada do evento, suspenso nos últimos dois anos em razão da pandemia da covid-19. A exposição será realizada de sexta-feira a domingo, e nos dias 7 e 8 de setembro (quarta e quinta-feira, aproveitando o feriado da Independência do Brasil), sempre das 9h às 19h. São esperados 240 mil visitantes de todo o Brasil, movimentando cerca de R$ 200 milhões, em diversos segmentos, na economia municípios situados em um raio de 180 quilômetros do parque.

Realizada anualmente em Holambra, antiga colônia holandesa cujo nome deriva da junção das palavras Holanda, América e Brasil), a Expoflora dá as boas-vindas à primavera e apresenta ao público as flores e plantas ornamentais cultivadas por mais de 450 produtores. O evento acontece em um parque de 250 mil m² com total estrutura, incluindo estacionamento com capacidade para 5 mil veículos em sistema rotativo, duas praças de alimentação.

magic gardem Holambra 2022 Juliana Lazarini
Foto: Juliana Lazarini

Exposição e lançamentos

Entre as atrações fixas, o evento apresenta a Exposição de Arranjos Florais, destacando a importância da natureza nas celebrações, nas comemorações e na integração com o homem. São mais de 200 mil hastes de flores de corte e plantas, além de 75 mil vasos utilizados na forma de criativos arranjos florais para compor toda a exposição, elaborada pela equipe do casal de artistas florais Jean Willen e Jessica Droot.

O público também poderá conhecer mais de 30 novidades em flores e plantas ornamentais cultivadas por mais de 450 produtores, que usam o evento como vitrine para lançar as novas variedades no mercado, ditando as tendências no paisagismo e na decoração, ao mesmo tempo em que avaliam a aceitação dos produtos pelo consumidor. Na Expoflora, as flores e plantas podem ser admiradas nos jardins espalhados pelo imenso parque de mais de 250 mil m², na Exposição de Arranjos Florais, na Mostra de Paisagismo e Decoração, nos carros alegóricos da Parada das Flores, penduradas nas árvores, decorando as mesas dos restaurantes, no Shopping das Flores, enfim, em cada canto desta grande festa colorida.

Ambiente 13 Juliana Nunes
Foto: Juliana Nunes

Nesta edição da Expoflora acontece ainda a Mostra de Paisagismo e Decoração, na qual paisagistas, arquitetos, decoradores e engenheiros agrônomos, entre outros profissionais, se inspiraram nas origens da natureza e do homem ao colocar todo o seu talento e imaginação na criação de 18 ambientes. São espaços que reverenciam o amor – a origem de tudo – e a relação do homem com a natureza, em meio a milhares de flores e plantas, das mais variadas espécies, tamanhos, cores e perfumes, muitas delas lançamentos desta edição do evento. Na busca pelas origens, os profissionais resgataram histórias e memórias individuais ou familiares, conectando-as à natureza e à vida, criando ambientes de bem-estar a partir da utilização de plantas e flores que purificam o ar, contribuem para curas, atraem pássaros, acalmam a alma e alegram os olhos.

Parada das Flores e Chuva de Pétalas

Outra atração é a Parada das Flores, que acontece, pontualmente às 16h, três carros alegóricos decorados com muitas flores pela artista floral Stans Scheltinga, conduzem o público pelo parque até o local onde é realizada a Chuva de Pétalas. A Chuva de pétalas é um dos atrativos que mais emocionam os visitantes da Expoflora. A cada espetáculo, voam sobre o público 150 quilos de pétalas coloridas, que correspondem a 800 dúzias ou 18 mil botões de rosas despetalados um a um. Em 15 dias de evento, são cerca de 270 mil botões de rosas. As flores são fornecidas por 25 produtores de Holambra e guardadas em uma câmara fria especial para que as pétalas não murchem. Diz a tradição que quem consegue pegar uma pétala ainda no ar tem o seu desejo realizado. No Shopping das Flores, instalado numa área de 3.300 m², o público pode percorrer dezenas de prateleiras e de bancadas para escolher e adquirir mais de 400 produtos, principalmente diferentes variedades de flores e plantas ornamentais, das mais distintas cores e tamanhos, cultivadas pelos produtores de Holambra. Tudo da melhor qualidade. O Shopping das Flores da Expoflora pode ser acessado tanto na entrada quanto na saída do evento. Esta edição da Expoflora traz ainda novidades gastronômicas para agradar todos os paladares. A tradicional bolacha holandesa, o “stroopwafel” (waffle recheado com caramelo), ganha novas e diferentes coberturas e, inclusive, vem decorada com flores comestíveis, a exemplo do doce batizado de “Bloem Pot” (flor no pote). Até o sorvete ganhou o sabor da bolacha e é usado como recheio do stroopwafel, deixando-o mais refrescante. Há também novas receitas utilizando os saborosos ingredientes típicos holandeses, como batatas, salsicha Frankfurter, chucrute, croquete de frango e joelho de porco.

31082019 IMG 6931 Juliana Lazarini
Foto: Juliana Lazarini

Boa opção para os visitantes é o passeio turístico, que consiste em um city tour pela cidade de Holambra e visita ao Magic Garden Holambra, um local especialmente preparado para que os turistas se emocionem ainda mais ao caminhar por entre os campos de flores, como o de girassóis e o de lavandas, e possam imortalizar em fotos momentos mágicos nos canteiros temáticos de flores e plantas ornamentais. O Magic Garden Holambra fica a apenas 6 quilômetros do Parque da Expoflora, o que reduz em 50% o tempo e o percurso do passeio de anos anteriores, e conta com 70 mil m² de área – contra 7 mil m² do local da visita anterior. O Passeio Turístico será realizado das 9h às 17h, em todos os dias do evento, e terá preço único de R$ 40,00.

Atração gratuita, dentro do parque, chamam a atenção as danças típicas holandesas. Diariamente, a partir das 14h30, os grupos de danças típicas apresentam-se nos cinco palcos do recinto. O grupo de dança de Holambra é o único no mundo a reunir coreografias de distintas regiões da Holanda, graças a um intenso trabalho de pesquisa realizado pelo professor Piet Schoenmaker, que faleceu no início de 2020. São cerca de 180 integrantes divididos, de acordo com a idade, em sete grupos que têm nomes de flores, escolhidos pelas próprias crianças. As danças são inspiradas na natureza (dança da chuva, do pica-pau e a polca no gelo, que lembra a patinação), em profissões e ofícios (sapateiro, lavadeira, marinheiro, bombeamento de água, preparação da cerveja), nas colheitas (carregador de feijão, cevada madura) ou mesmo em histórias sobre a origem e as tradições do povo holandês, representadas por meio de valsas, marchas, mazurcas e o schots (que virou xote). A coordenação do Grupo de Dança Holandesa está sob a responsabilidade de uma comissão de voluntárias da Associação Cultural Dança Viva.

O entretenimento se completa nos cinco palcos instalados próximos às praças de alimentação (Rosas, Lírios, Petúnias, Íris e Tulipas), onde todos os dias (sextas, sábados e domingos são realizadas apresentações de grupos de danças holandesas. Aos sábados e domingos, no palco das Rosas, às 12h15 tem dança do ventre e, às 13h30, apresentação da Priscila Drag Show. No palco dos Lírios, a Priscila Drag se apresenta às 12h, e a dança do ventre, às 13h30. No palco das Tulipas, apresenta-se a fanfarra Amigos de Holambra, às 13h45. Aos sábados, tem happy hour com a banda Me Gusta, às 17h.

Tem um parque de diversões e missítio que são excelentes opções para a criançada. Durante a Expoflora, o Museu Histórico-cultural de Holambra é integrado ao parque para também ser visitado pelos turistas sem a cobrança de um novo ingresso. Ali, é guardada toda a história da imigração e da formação da colônia holandesa no Brasil. Seu acervo conta com cerca de duas mil fotos e utensílios trazidos ou utilizados pelos primeiros imigrantes. Ao lado do Museu, os turistas podem conhecer réplicas das casas de pau a pique e de alvenaria devidamente mobiliadas, como eram habitadas pelos pioneiros, além de uma exposição de maquinários e de tratores antigos. A novidade é o primeiro Klok digital da Cooperativa Veiling Holambra, o relógio que comanda o sistema de leilão reverso, modelo importado da Holanda para a comercialização de flores e plantas ornamentais.

Shopping das Flores

Para quem gosta de levar uma lembrança diferente de flores e plantas, estarão à venda na Expoflora souvenirs holandeses, só encontrados em Holambra, como as cerâmicas azuis de Delft, artesanato, moda e decoração. Há muitas opções para presentear e levar um pedacinho da Holanda para casa. São três shoppings (Verde, Vermelho e Azul) com cerca de 250 estandes para a comercialização de artesanato, produtos industriais e para decoração, além de móveis e utensílios domésticos, roupas e calçados.

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Municipal de Savaldor

Ponto SAC Ibicoara oferece serviços do TRE a partir desta quarta-feira (28)

Título de eleitor, certidão de quitação com a justiça eleitoral e recadastramento biométrico. Esses são alguns dos serviços do...