Prefeitura Municipal de Savaldor

Mulher vegana é condenada à prisão perpétua por morte do filho que ficou desnutrido

Sheila O’Leary, 38 anos, foi condenada à prisão perpétua pelo homicídio do filho de um ano e meio.

A criança morreu desnutrida após ter se alimentado apenas de leite materno, frutas e vegetais crus, pois a mulher é vegana. O caso ocorreu no estado americano da Flórida.

De acordo com o jornal O Globo, a mulher foi sentenciada por assassinato em primeiro grau, abuso infantil agravado, abuso infantil, homicídio culposo, além de duas acusações por negligência infantil. Ryan Patrick O’Leary, o pai da criança, segue preso e aguarda julgamento pelos mesmos crimes.

O menino de um ano e meio morreu em setembro de 2019 por “complicações de desnutrição grave e desidratação”, segundo promotores locais. A polícia, na época, pontuou que a criança de 18 meses pesava apenas 8 kg, mas era do tamanho de um bebê de sete mesmo.

Os investigadores ainda declararam que outros três filhos do casal se alimentavam apenas de frutas e vegetais crus, todos encontrados com sinais de desnutrição por conta de rigorosa dieta vegana na família.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Porto Seguro

FEMINICÍDIO EM SETE DE ABRIL: Mulher é assassinada pelo companheiro na frente dos filhos

Uma mulher foi assassinada pelo companheiro na noite dessa segunda-feira (26/02), no bairro de Sete de Abril, em Salvador....