Prefeitura Municipal de Savaldor

Morar Melhor entrega 200 casas reformadas em Nova Brasília de Valéria

As famílias da comunidade de Nova Brasília de Valéria voltaram a sorrir nesta sexta-feira (10), quando a Prefeitura entregou mais 200 imóveis reformados por meio do programa Morar Melhor. A cerimônia de entrega das casas requalificadas aconteceu nesta manhã, com a presença do prefeito Bruno Reis e do secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Luiz Carlos Souza. Esta é a segunda vez que o programa atua na localidade, alcançando a marca de 984 unidades habitacionais reformadas.

Lembrando que o programa surgiu de uma demanda da própria população, o prefeito destacou a importância do Morar Melhor para a melhoria da qualidade de vida do soteropolitano. “Este é um trabalho sério e dedicado, que tem transformado a vida das pessoas. É um programa que surgiu após escutas populares durante nossas caminhadas pelos bairros da cidade. As pessoas pediam materiais de construção para fazer obras reformas nas suas casas. Foi daí que surgiu o Morar Melhor, que hoje é um sucesso em todos os sentidos, proporcionando aos cidadãos mudança de vida sem mudar de endereço”.

casas reformadas em Nova Brasília de Valéria
Foto: Valter Pontes/Secom

Morar Melhor – O limite de recursos empregados para as intervenções em cada habitação é de até R$7 mil. As intervenções são escolhidas em conjunto com cada beneficiado, e contemplam serviços como pintura, reboco, recuperação ou troca de telhado, troca de esquadrias de portas e janelas, além de instalações sanitárias.

Desde que o programa entrou em ação na capital baiana, em 2015, o programa já entregou mais de 40 mil imóveis reformados, em 200 localidades da capital baiana. No início de 2023, o prefeito Bruno Reis anunciou que aumentará o valor das reformas do Morar Melhor para R$11 mil por residência, e que realizará a inscrição de mais 10 mil famílias no programa.

casas reformadas em Nova Brasília de Valéria
Foto: Valter Pontes/Secom

Contemplada com a reforma do imóvel modelo da ação, a lavadeira aposentada Nivaldina dos Santos, 74 anos, reside no local há mais de duas décadas e criou seus 18 filhos no local. Atualmente, oito ainda moram com ela, que ainda vive em situação de vulnerabilidade social, e a reforma da casa serve como um alento e estímulo a sair dessa situação.

“Antes do Morar Melhor, a situação era muito crítica, sem cozinha, banheiro infiltrado, paredes sem reboco e sem estrutura alguma. Agora, após a obra, não temos problemas com a poeira e ajuda muito na criação do meu filho mais moço, que tem dez anos e sofre com problemas mentais. Em 25 anos morando aqui, nunca imaginei que pudesse ter condições de modificar a situação desta casa. E hoje é um sonho realizado”, explica Nivaldina.

Sobre a situação de dona Nivaldina, o chefe do Executivo assegurou a continuidade e melhoria do programa para atender casos como o dela. “Não há nada mais importante que o nosso lar. A casa de Nivaldina era uma das casas em piores condições aqui da região, e hoje se tornou a mais bonita da comunidade. Vamos seguir avançando com esse programa. No início do meu governo paralisamos o programa em função da pandemia. Não tinha como entrar na casa das pessoas para fazer o cadastro. Em pouco tempo retomamos e já temos quase 7 mil casas reformadas na gestão. Todos os bairros de Salvador hoje são exemplos desse trabalho”.

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Municipal de Savaldor

MP requer suspensão do alvará de funcionamento de cemitério em Serrinha em razão de danos ambientais

O Ministério Público estadual ajuizou ação civil pública contra o Município de Serrinha e o cemitério Paraíso Celestial requerendo,...