Governo do Estado da Bahia

Assassino de cliente de loja de açaí no Cabula pretendia usar cocaína e diz que proprietário atirou primeiro

O jovem de 21 anos baleado durante a ação criminosa que resultou na morte da cliente de uma loja de açaí, no Cabula, confessou o assassinato. O homem de prenome Cleiton está internado no Hospital Geral do Estado (HGE). O latrocínio aconteceu na Rua Manoel Nogueira, na noite de domingo (02/04).

O depoimento viralizou nas redes sociais e o autor da morte de Silvana Conceição de Jesus, 36 anos, afirma que “estava cheirando pó” com um motoboy que atua na região de São Marcos, Pau da Lima e Vila Canária quando decidiram fazer uma “fita” para consumir mais drogas. A dupla não tinha um alvo específico e o local do roubo teria sido escolhido aleatoriamente.

Cleiton afirma que “na mesma da hora que eu dei a voz, eu ouvi o disparo. Eu recebi o disparo e sai correndo”. O dono do estabelecimento, ao perceber o roubo, disparou tiros contra os bandidos. O criminoso também confessa que acertou um tiro fatal em Silvana.

Sobre o tiro que recebeu, afirma que “nem sei porque veio de lá de dentro do estabelecimento. Eu estava do lado de fora”.

Questionado se o dono do estabelecimento falou algo, ele diz diz que o homem “já fez o disparo”.

“Na mesma da hora que recebi (o tiro) eu fiquei tonto, eu caí. No que eu caí eu revidei e atirei”. Nesse momento Silvana foi atingida. Cleiton fugiu de moto com o comparsa, que está sendo procurado.

A vítima estava na lanchonete com uma amiga. Câmeras de segurança no local flagraram a ação. As imagens mostram o momento em que a dupla chegou na lanchonete em uma moto, um dos suspeitos desceu do veículo e anunciou o assalto, com a arma já em punho. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Suspeito de matar cliente de lanchonete no Cabula tem prisão convertida em preventiva

Dono de loja de açaí reage a assalto e cliente acaba morta no Cabula

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Municipal de Savaldor

Bahia quer manter freguesia de décadas contra CRB

A última derrota do Tricolor para o time alagoano, foi em 2002, pelo placar de 3 a 1, pelo...