Governo do Estado da Bahia

Mulher de 55 anos morre de “doença do pombo” na Bahia

Uma mulher de 55 anos, identificada como Nádia Santos da Bôa Morte, morreu devido à criptococose, uma doença transmitida por pombos. Ela estava internada no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, e o motivo de sua morte foi divulgado no último sábado (29) após a liberação do laudo médico.

Enquanto estava internada, a paciente apresentava insuficiência respiratória aguda, choque séptico, sepse, meningite e hipertensão arterial. Segundo o marido de Nádia, Reginaldo de Jesus Santos, sua esposa havia sido levada quatro vezes à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com uma forte dor de cabeça, e só na última vez foi transferida para o hospital. Lá, após a realização de exames, foi constatado que ela estava com uma bactéria no cérebro transmitida pelas fezes do pombo.

A criptococose é causada pelo mesmo fungo responsável pela meningite e, em alguns casos, pode não apresentar sintomas. Em outros, os sintomas incluem dor de cabeça e no peito, tosse e erupção na pele. É importante tomar precauções ao lidar com fezes de pombos e evitar a exposição a ambientes onde há grande concentração desses animais.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Porto Seguro

Em Ubatã, PRF recupera uma motocicleta roubada há quase 40 anos

Na última segunda-feira (26), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou uma motocicleta roubada há quase 40 anos. O incidente...