Prefeitura Municipal de Savaldor

Agricultura familiar da Bahia conquista mercado em São Paulo e projeta resultados ainda mais expressivos na Naturaltech 2023

A maior feira de produtos orgânicos e naturais da América Latina, a Naturaltech, começou nesta quarta-feira (14) e a agricultura familiar da Bahia está pronta para conquistar mais espaço nesse evento de grande visibilidade. Com uma participação consistente nas últimas quatro edições, as cooperativas baianas têm obtido resultados positivos e a expectativa para este ano é ainda maior.

Até o dia 17 de junho, no Parque Anhembi, em São Paulo, o Estande da Agricultura Familiar da Bahia será o palco para 15 cooperativas apresentarem a diversidade e qualidade dos produtos que vêm do caju, cacau, umbu, café, licuri, mandioca, mel, milho, palmito, abacaxi, entre outros. Uma oportunidade para os agricultores familiares mostrarem sua criatividade e inovação, conquistando um público diversificado em busca de alimentos saudáveis e sustentáveis.

A Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) é presença registrada na Naturaltech desde 2017. Dailson Andrade, gerente de Mercados da Coopercuc, destaca a importância do evento como uma vitrine. “Na última edição, participei do fechamento de dois novos contratos com lojas especializadas em produtos saudáveis, o que resultou em uma demanda de vendas expressiva”.

Outra cooperativa que tem se beneficiado da participação na Naturaltech é a Cooperativa Agropecuária Mista da Regional de Irecê (Copirecê). Para a gerente-geral da Copirecê, Zene Vieira, a presença da cooperativa nos anos anteriores fortaleceu sua atuação nas regiões Sul e Sudeste do país. “A procura pelos produtos da Copirecê por parte de chefs de cozinha, lojas de produtos naturais e supermercados aumentou, significativamente, gerando um crescimento de aproximadamente 17% nas vendas”.

Através da participação na Naturaltech, as cooperativas encontraram novas parcerias e oportunidades de negócios, impulsionando o desenvolvimento sustentável e fortalecendo a economia local. O crescente interesse dos consumidores por alimentos saudáveis e produzidos de forma agroecológica tem impulsionado o mercado de produtos orgânicos e naturais, e a agricultura familiar está pronta para atender a essa demanda.

Com experiências como a da Coopercuc e Copirecê é possível vislumbrar uma expectativa promissora para a participação da agricultura familiar da Bahia na edição 2023 da Naturaltech. A feira tem se estabelecido como um evento de projeção nacional, reunindo produtores, distribuidores, consumidores e especialistas do setor, e oferece uma excelente oportunidade para o agricultor familiar mostrar o potencial de seus produtos.

Abertura de novos mercados

Nesta edição, a expectativa é de que a participação da agricultura familiar da Bahia na Naturaltech seja ainda mais bem-sucedida, é o que espera o representante da Cooperativa dos Apicultores de Ribeira do Pombal (Cooarp), Evandro Peixinho. “Buscamos o escoamento da maior parte da nossa produção para o mercado interno gerando maior valor agregado. O nosso Mel Melira está fantástico fazendo muito sucesso pela beleza, qualidade e preço”.

Com produtos de qualidade, compromisso com a sustentabilidade e o reconhecimento conquistado ao longo dos anos, as cooperativas baianas, apoiadas pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), estão preparadas para expandir seus negócios e fortalecer sua posição no mercado brasileiro de produtos orgânicos e naturais.

As cooperativas participantes da Naturaltech são apoiadas pelos projetos Bahia Produtiva e Pró-Semiárido, executados pela CAR, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial e do Fida, respectivamente.

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Municipal de Savaldor

MP requer suspensão do alvará de funcionamento de cemitério em Serrinha em razão de danos ambientais

O Ministério Público estadual ajuizou ação civil pública contra o Município de Serrinha e o cemitério Paraíso Celestial requerendo,...