Prefeitura Municipal de Savaldor

Presidente de Câmara de Vereadores diz que professores não trabalham “nada”

O presidente da Câmara de Vereadores de Pombal, Marcos Bandeira (MDB), causou polêmica ao expressar sua opinião sobre a carga de trabalho dos professores durante uma discussão sobre o piso salarial dos enfermeiros. Bandeira fez uma comparação entre as horas trabalhadas por enfermeiros e professores, diminuindo o papel destes últimos.

Durante seu discurso, o presidente da Câmara ironizou o trabalho dos professores ao afirmar: “O Brasil, ele estudado pela NASA, a NASA desistiu de estudar o Brasil. Olha, na educação é 40 horas. Isso aí eu falo porque eu sou professor. Aí sabe quanto trabalha? 30. Vinte e cinco. Mais… Vinte e cinco. Mais cinco de planejamento, mais cinco de correção de prova. Resumindo, nada. Só trabalha vinte e cinco. Só trabalha vinte e cinco.”

Um detalhe relevante é que Marcos Bandeira afirma ser professor de Educação Física, mas possui cinco mandatos consecutivos como vereador, totalizando 20 anos de atuação na Câmara Municipal de Pombal. De acordo com informações disponíveis na internet, a Câmara realiza apenas duas sessões ordinárias por semana.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Paraíba (Sintep-PB) não deixou passar em branco a declaração do vereador. Felipe Baunilha, um dos diretores do sindicato, recorreu às redes sociais para comentar a postura de Bandeira, destacando seu longo histórico como vereador e as limitadas sessões legislativas na cidade de Pombal.

Baunilha declarou: “Sobre o vereador Marcos Bandeira lá de Pombal, que diz que professor não trabalha e tem a audácia de colocar no seu perfil das redes sociais que é professor de Educação Física, porém já é vereador pela quinta vez, pelo quinto mandato consecutivo. Parece que ele não tá em sala de aula, parece que nunca entrou em sala de aula, nem sei se entrou, não tive o desprazer de conhecer, mas me chegaram aqui informações de que os vereadores na Câmara de Pombal só têm duas sessões ordinárias por semana, na segunda e na terça. O que se faz na quarta, quinta e sexta? É muito bom, né vereador? Você pegar a palavra aí, usar a tribuna, que ao invés de debater os problemas da educação, debater os problemas da cidade de Pombal, atacar os profissionais de educação, mas você tá aí há 20 anos, pelo menos, com duas sessões só por semana, né? Você deve alguma explicação aí pra população, não deve não? No mínimo, desculpas aos profissionais de educação”, concluiu Baunilha.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Municipal de Savaldor

Em Ubatã, PRF recupera uma motocicleta roubada há quase 40 anos

Na última segunda-feira (26), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou uma motocicleta roubada há quase 40 anos. O incidente...