Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

TORRE DO BDM: preso com SW4 é solto durante plantão judiciário

Apontado como líder da facção criminosa Bonde do Maluco (BDM) na Bahia, Ednaldo Freire Ferreira, conhecido como “Dadá”, foi liberado da prisão.

Conforme o Bahia Notícias, a decisão foi tomada em 1º de outubro durante o plantão judiciário pelo desembargador Luiz Fernando Lima, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que converteu sua prisão preventiva em prisão domiciliar, permitindo sua saída do sistema prisional.

O Ministério Público (MP) e a Secretaria de Segurança Pública (SSP) souberam da decisão e fizeram uma articulação para impedir a soltura do chefão da facção, não houve tempo. A revogação da soltura foi feita pelo desembargador Julio Travessa, da 2ª Câmara Crime 1ª Turma, que constatou que o motivo não era de urgência, como questões que envolvem risco de morte. Com isso, o homem foi solto e está foragido.

Apuração do Informe Baiano revela que o homem é da região de Irecê e na hora da altura, na BR-232, imediações da cidade de Sertânia, estava com um veículo SW4 Diamond, avaliado em mais de R$400 mil. “Dadá” havia sido detido em 5 de setembro. Ele tinha um mandado de prisão emitido pelo Juízo da Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa da Comarca de Salvador.

A defesa do acusado apresentou um habeas corpus alegando que ele é pai de uma criança de 4 anos com autismo nível 3 e totalmente dependente de sua presença. Alegaram que a ausência de “Dadá” havia causado uma “nova crise de convulsão devido à desregulação emocional” na criança. Com base nesse argumento, o desembargador plantonista, que estava substituindo José Alfredo Cerqueira da Silva, determinou a progressão de regime.

A medida foi implementada rapidamente, levando “Dadá” a ser liberado da custódia. No entanto, em 2 de outubro, a prisão domiciliar foi revogada após o desembargador Julio Travessa acatar um recurso do Ministério Público da Bahia (MP-BA), apresentado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco). No momento da revogação, “Dadá” já não estava mais sob custódia.

Em setembro, a Secretaria da Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP), em conjunto com a Força de Cooperação Penitenciária (FOCOPEN), isolou “Dadá” e Val Bandeira (Josevaldo Bandeira), que é um dos principais líderes do Comando Vermelho (CV) na Bahia, no Presídio de Itaquitinga 2, uma unidade de regime disciplinar diferenciado em Pernambuco. Os rivais comandam as atividades criminosas na Bahia de dentro das prisões de Pernambuco.

“Dadá” foi um dos alvos da Operação Tarja Preta, realizada pela Polícia Federal para desarticular a facção criminosa responsável por homicídios, tráfico de drogas, tráfico de armas, organização criminosa e lavagem de dinheiro na Bahia. A operação cumpriu mandados de prisão preventiva e busca e apreensão em várias partes do Brasil. Além disso, foram apreendidos bens móveis e imóveis pertencentes aos membros da facção e bloqueadas 40 contas bancárias usadas por eles.

As investigações, iniciadas em maio de 2020, revelaram a estrutura da facção e as funções desempenhadas por seus membros, bem como a emissão de ordens para a comissão de diversos crimes graves de dentro das prisões.

Bolsa Atleta 2024 tem recorde histórico com 8.716 contemplados

O Bolsa Atleta atingiu um patamar inédito: a lista de contemplados publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira é a maior da história,...

Professor de matemática brilha em meio à precariedade do ensino público da Bahia

“Vou aprender a ler Pra ensinar meus camaradas. Que noite mais funda calunga” (Massemba, de Roberto Mendes e Capinan) O professor baiano José Fábio de Araújo Lima é...
Prefeitura Luis Eduardo Magalhães

Bolsa Atleta 2024 tem recorde histórico com 8.716 contemplados

O Bolsa Atleta atingiu um patamar inédito: a lista de contemplados publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira...
Prefeitura Municipal de Savaldor

Bolsa Atleta 2024 tem recorde histórico com 8.716 contemplados

O Bolsa Atleta atingiu um patamar inédito: a lista de contemplados publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira...

Professor de matemática brilha em meio à precariedade do ensino público da Bahia

“Vou aprender a ler Pra ensinar meus camaradas. Que noite mais funda calunga” (Massemba, de Roberto Mendes e Capinan) O professor baiano José...

Governo federal libera mais R$ 1,8 bilhão para ações de apoio ao RS

O governo federal liberou mais R$ 1,8 bilhão para ações de reconstrução no Rio Grande do Sul. A autorização...

Em encontro com pré-candidatos, Geraldo firma compromisso coletivo com a vitória

Mais de 350 pré-candidatos à Câmara Municipal de Salvador participaram do primeiro encontro com o vice-governador da Bahia e...