Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia

PELO CERTO! Acarajé é patrimônio de Salvador desde 2002; Rio copiou a Bahia

O acarajé, patrimônio cultural de Salvador desde 2002, é um símbolo marcante da culinária baiana. A iguaria, que tem origem africana, carrega o dendê, pimenta, vatapá e caruru na sua composição, é tradição na cidade.

No entanto, a consagração do acarajé como patrimônio histórico e cultural do Rio de Janeiro causou uma revolta entre os baianos na internet.

A Lei 10.157/23, dos deputados Renata Souza (Psol), Dani Monteiro (Psol) e Átila Nunes (MDB), foi sancionada pelo governador Cláudio Castro e publicada na edição de 25 de outubro no Diário Oficial. Isso significa que o título de preparo, produção e comercialização do acarajé foi dado aos fluminenses.

O perfil da prefeitura de Salvador ironizou a situação e postou no Instagram que a Lei 6138/2002, assinada pelo então prefeito Antônio Imbassahy, institui o acarajé como patrimônio cultural de Salvador. Nas redes sociais, os baianos não pouparam comentários sobre o tema. “RJ querendo nosso acarajé, mas não aguenta 10 centavos de dendê e pimenta. Só observo”, “Eles que se contentem com o biscoito de polvilho deles”e “Antiguidade é posto. Respeita a mãe do Brasil”.

5226E027 0332 40D3 9E4A D143E2A253F1

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Municipal de Savaldor

Suspeito de estupro de vulnerável com condenação a 40 anos de prisão é localizado

Um homem de 49 anos foi preso, na quarta-feira (28), por equipes da Delegacia Territorial de Uauá, que cumpriram...