Governo do Estado da Bahia

Ônibus deixam de circular no Nordeste de Amaralina devido operação

Os ônibus do transporte público de Salvador deixaram de circular no bairro de Santa Cruz, no Complexo do Nordeste de Amaralina, devido a mega operação policial que acontece na manhã desta sexta-feira (03/11). A Operação Resposta tem como objetivo fechar o cerco contra uma facção que lidera bondes e comete assassinatos de grupos rivais.

De acordo com o sindicato dos rodoviários, os pontos finais estão sendo no Parque da Cidade, para os ônibus de Santa Cruz. O final de linha original está sem transporte público. No Vale das Pedrinhas, por outro lado, o fluxo de ônibus segue normal.

A operação:

Equipes das Polícias Militar, Civil e Federal, que constituem a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO) da Bahia, ocupam o Complexo do Nordeste de Amaralina, na capital baiana, para cumprimentos de mandados de prisão e de busca e apreensão contra uma facção criminosa.

A organização tem envolvimento direta também com o comércio de entorpecentes, tráfico de armas e munições, roubos a bancos, corrupção de menores, entre outras ações ilícitas. Além das ordens judiciais (mandados de prisão e de busca e apreensão), os policiais realizam levantamentos de denúncias e também a ampliação do patrulhamento ostensivo no Complexo do Nordeste de Amaralina.

Cerca de 200 policiais do BOPE, CORE, BPATAMO, DHPP, Batalhão de Choque, DIP, DENARC, GPI, DEIC, GRAER, DRACO, ÁGUIA Rondesp Atlântico, DEPOM e 40a CIPM são empregados no Complexo.

NO QG DO CV: Operação no Nordeste amplia combate à facção que organiza bondes contra rivais

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Porto Seguro

Inscrições do curso de gestão escolar para rede estadual vão até quinta (29)

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) realiza, até esta quinta-feira (29), as inscrições para o curso de gestão...