Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

Americanas divulga prejuízo de R$ 19,1 bi em 2021 e 2022

Prestes a ter o plano de recuperação judicial votado, as Lojas Americanas divulgaram nesta quinta-feira (16) o tamanho do prejuízo após as descobertas de fraudes contábeis no início do ano. Em 2021 e 2022, a companhia acumulou prejuízo de R$ 19,1 bilhões, dos quais R$ 6,2 bilhões em 2021 e R$ 12,9 bilhões no ano passado, o maior rombo anual da história da empresa.

O balanço de 2021, que originalmente apontava lucro de R$ 544 milhões, foi revisado. Adiado por quatro vezes, o balanço de 2022 ainda não tinha sido divulgado. A divulgação dos resultados é condição para que o plano de recuperação judicial possa ser votado pela assembleia de credores. A votação está prevista para ocorrer na terceira semana de dezembro.

Em 19 de janeiro, as Lojas Americanas entraram em recuperação judicial, com dívidas declaradas de R$ 49,5 bilhões. Uma semana antes, em 11 de janeiro, o então CEO da companhia pediu demissão ao descobrir “inconsistências contábeis” em torno de R$ 20 bilhões.

Posteriormente, assessores jurídicos envolvidos no plano de recuperação judicial apontaram que as gestões anteriores inflaram os lucros das Lojas Americanas em R$ 25,3 bilhões. O valor refere-se a vários anos, mas a empresa não informou por quantos anos perdurou a maquiagem contábil.

Os novos balanços enfrentam resistências. Contratada em junho para auditar a contabilidade das Lojas Americanas, a firma de auditoria BDO não deu o aval para os números. Em relatório anexo aos resultados, os auditores informaram não expressar opinião sobre as demonstrações contábeis porque “não nos foi possível obter evidência de auditoria apropriada e suficiente para fundamentar nossa opinião de auditoria sobre essas demonstrações contábeis individuais e consolidadas”.

Entre os principais questionamentos da BDO estão o teste de valor recuperável dos ativos (valor que pode ser recuperado), que, segundo os auditores, não se baseou em premissas que não considerassem as inconsistências contábeis. A BDO substituiu a PwC, responsável por auditar os balanços anteriores das Lojas Americanas.

Histórico

Em fevereiro, a Agência Brasil mostrou como a antecipação de vencimentos de contratos com fornecedores pode estar por trás do esquema de fraudes contábeis. Advogados envolvidos no caso apontaram falhas em bancos que descontavam duplicatas e em empresas de auditoria e pediram mudanças na Lei de Recuperação Judicial para distinguir gestão fraudulenta de crise comum.

Nova linha de ônibus atenderá Jardim Cajazeiras a partir de segunda (27)

A região de Jardim Cajazeiras ganhará uma nova linha de ônibus a partir da próxima segunda-feira (27). A linha 1399-03 – Estação Pirajá x...

Baiana Raissa Machado brilha e conquista ouro no Mundial Paralímpico

A baiana Raissa Machado conquistou seu primeiro título mundial no lançamento de dardo F56 na noite desta segunda-feira (21/05), quinto dia do Mundial de...
Prefeitura Luis Eduardo Magalhães

Nova linha de ônibus atenderá Jardim Cajazeiras a partir de segunda (27)

A região de Jardim Cajazeiras ganhará uma nova linha de ônibus a partir da próxima segunda-feira (27). A linha...
Fundação Jose Silveira

Nova linha de ônibus atenderá Jardim Cajazeiras a partir de segunda (27)

A região de Jardim Cajazeiras ganhará uma nova linha de ônibus a partir da próxima segunda-feira (27). A linha...

Baiana Raissa Machado brilha e conquista ouro no Mundial Paralímpico

A baiana Raissa Machado conquistou seu primeiro título mundial no lançamento de dardo F56 na noite desta segunda-feira (21/05),...

Operação da Polícia Civil já alcançou 20 suspeitos de tráfico e homicídios

A Operação Hégira, deflagrada pelo Departamento de Repressão e Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de...

ADEUS, ROZÁLIO! Morre o maior líder político da história de São Felipe

O ex-prefeito e principal líder político da história de São Felipe, Rozálio Souza da Hora, faleceu na madrugada desta...