Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia

Confira cuidados com a saúde para se proteger das altas temperaturas

Os últimos dias do inverno não serão fáceis de encarar. O alerta é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que indica que as temperaturas podem ultrapassar os 40º C em algumas regiões do Brasil. Isso acontece por causa de uma forte massa de ar quente que predomina no país. Essa onda de calor demanda cuidados com a saúde, principalmente entre crianças e idosos, já que o tempo seco e a baixa umidade do ar podem levar a problemas respiratórios, ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.

Neste período, a hidratação, principalmente por meio da ingestão de água, é ainda mais importante. Isso porque o nosso corpo precisa de líquido para manter sua temperatura ideal de funcionamento. O uso do filtro solar também é muito importante. Ele deve ser aplicado 30 minutos antes de expor-se ao sol para que seja absorvido e deve ser reaplicado a cada duas horas em que permanecer ao sol. O produto deve ser distribuído em todas as partes do corpo, incluindo mãos, orelhas, nuca e pés.

Confira, abaixo, outras orientações do Ministério da Saúde para manter a hidratação e proteção do corpo durante o período seco:

Hidratação é fundamental

.Aumente a ingestão de água ou de sucos de frutas naturais, sem adição de açúcar, mesmo sem ter sede;
.Evite bebidas alcoólicas e com elevado teor de açúcar;
.Faça refeições leves, pouco condimentadas e mais frequentes;
.Recém-nascidos, crianças, idosos e pessoas com alguma comorbidade podem não sentir sede. Ofereça-lhes água.

Cuidados coletivos e em casa

.Se possível, feche cortinas e/ou janelas mais expostas ao calor e facilite a circulação do ar;
.Abra as janelas durante a noite;
.Utilize menos roupas de cama e vista-se com menos roupas ao dormir, sobretudo, em bebês e pessoas acamadas;
.Informe-se periodicamente sobre o estado de saúde das pessoas que vivem só, idosas ou com dependência, que vivam perto de si e ajude-as
a protegerem-se do calor;
.Mantenha ambientes úmidos com umidificadores de ar, toalhas molhadas ou baldes de água.

Cuidados com a saúde

.Mantenha medicamentos abaixo de 25º C na geladeira (ler as instruções de armazenamento na embalagem);
.Procure aconselhamento médico se sofrer de uma doença crônica, condição médica ou tomar vários medicamentos;
.Busque ajuda se sentir tonturas, fraqueza, ansiedade ou tiver sede intensa e dor de cabeça;
.Se sentir algum mal-estar, busque um lugar fresco o mais rápido possível, meça a temperatura do seu corpo e beba um pouco de água ou
suco de frutas para reidratar;
.No período de maior calor, tome banho com água ligeiramente morna. Evite mudanças bruscas de temperatura.

Proteja-se do sol e do calor

.Evite a exposição direta ao sol, em especial, de 10h às 16h;
.Se expor ao sol sem a proteção adequada contra os raios ultravioleta deixa a pele vermelha, sensível e até com bolhas. Use protetor
solar;
.Use chapéus e óculos escuros;
.Proteja as crianças com chapéu de abas;
.Use roupas leves e que não retêm muito calor;
.Diminua os esforços físicos e repouse frequentemente em locais com sombra, frescos e arejados;
.Em veículos sem ar-condicionado, deixe as janelas abertas;
.Não deixe crianças ou animais em veículos estacionados.

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Porto Seguro

Populações periféricas são mais vulneráveis à dengue

"O meu homem-aranha está amuado, tristinho. É tão estranho”. A auxiliar de serviços gerais Juliana Pereira, de 28 anos...