Deputado Hassan defende ações urgentes para enfrentar consequências da seca

Preocupado com as consequências da seca intensa que atingem principalmente o semiárido baiano, o deputado municipalista Hassan (PP) defendeu a necessidade da união de todas os órgãos envolvidos na questão para a adoção de medidas urgentes visando a atender as demandas do homem do campo. Ao participar nesta terça-feira (5) da reunião conjunta das comissões de Agricultura e Política Rural e de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Hassan destacou que o governo do estado tem planos de ação, e apoiou a proposta das comissões de agricultura e infraestrutura de solicitar audiência com governador Jerônimo Rodrigues para tratar da questão.

Na sequência, juntamente com a comitiva de deputados que fazem parte do Bloco G+, Hassan participou de almoço com o governador em exercício, Geraldo Junior, sobre ações emergenciais de enfrentamento da seca que estão sendo implementadas pelo governo através dos órgãos pertinentes, a exemplo das secretarias da Agricultura, Desenvolvimento Rural, Recursos Hídricos e Defesa Civil.

No final do encontro, Geraldo Junior afirmou que nesta quarta-feira (6) vai se reunir com o governador Jerônimo Rodrigues, que retorna de viagem, para relatar a demanda dos deputados a respeito do plano de ações com as contribuições e sugestões dos parlamentares.

O parlamentar destacou a importância da ação do governo estadual junto ao governo federal para o reconhecimento da situação de emergência que pode ser decretada pelos municípios castigados pela seca, e viabilizar medidas de apoio.

Hassan relatou que na última semana esteve em vários municípios de sua base política e testemunhou o sofrimento do homem do campo, produtores, criadores, agricultores familiares, com grandes dificuldades para alimentar e dessedentar os animais. “É triste ver pessoas sofrendo, animais morrendo ou vendidos abaixo do preço de mercado, ou sendo doados por não ter como alimentar ou matar a sede animal”, lamentou o parlamentar, citando ainda a dificuldade de achar o feno para comprar, e a saca de milho a preço elevado.

O deputado salienta que “nosso pensamento e intenção é de união, para levar ações práticas como subsídio para ração animal e água para pessoas e também para os animais”. O parlamentar lembrou ainda que, de acordo com a Política Nacional de Recursos Hídricos, em situações de escassez, o uso prioritário dos recursos hídricos é o consumo humano e a dessedentação de animais.

O Bloco G+ é composto pelos deputados Hassan, Eduardo Salles, Antonio Henrique, Soane, Niltinho, Mateus Ferreira, Fabíola e Rogério Andrade.

Produção de chocolate associada ao turismo incrementa economia da Costa do Cacau

“Para nós, pequenos produtores, seria muito mais difícil trabalhar a marca, se não existisse essa vitrine do festival, que atrai empresários do segmento...

Dólar fecha a R$ 5,60 com apagão cibernético e eleições americanas

Em um dia tenso nos mercados internacionais, o dólar superou R$ 5,60, após iniciar o dia em queda. A bolsa de valores fechou estável,...

Produção de chocolate associada ao turismo incrementa economia da Costa do Cacau

“Para nós, pequenos produtores, seria muito mais difícil trabalhar a marca, se não existisse essa vitrine do festival,...
Fundação Jose Silveira

Produção de chocolate associada ao turismo incrementa economia da Costa do Cacau

“Para nós, pequenos produtores, seria muito mais difícil trabalhar a marca, se não existisse essa vitrine do festival,...

Dólar fecha a R$ 5,60 com apagão cibernético e eleições americanas

Em um dia tenso nos mercados internacionais, o dólar superou R$ 5,60, após iniciar o dia em queda. A...

PRF apreende arsenal de armas em veículo durante fiscalização em Barreiras

Hoje (19), por volta das 14h30, uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizava fiscalização de trânsito e combate...

Projeto Mais Infância promove encontro de educadoras e educadores neste sábado (20), na Uneb do Cabula

O Projeto Mais Infância promove o 3º Encontro de Educadoras e Educadores neste sábado (20), às 8h, no Auditório...