Exemplo de imagem responsiva Gorverno do Estado da Bahia
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Gorverno do Estado da Bahia

Taxa de desemprego no trimestre encerrado em novembro cai para 7,5%

A taxa de desocupação no trimestre encerrado em novembro foi de 7,5%. É o menor índice desde fevereiro de 2015. Especificamente para trimestres terminados em novembro, o índice é o menor desde 2014, quando alcançou 6,6%.

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No trimestre encerrado em agosto, a taxa estava em 7,8%. Já o indicador do trimestre encerrado em agosto de 2022 era de 8,1%.

O resultado foi influenciado pelo número de pessoas ocupadas, estimado em 100,5 milhões, o maior desde que a série histórica foi iniciada, em 2012. O número representa crescimento de 0,9% em 3 meses.

O número de desempregados ficou estável, 8,2 milhões de pessoas. É o menor contingente desde o trimestre encerrado em abril de 2015, quando havia 8,15 milhões de brasileiros procurando trabalho.

Ocupação

A proporção de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar subiu 0,4 ponto percentual (p.p.) ante o trimestre móvel anterior, alcançando 57%. Das 853 mil pessoas incluídas nesse universo, a maioria, 515 mil, foi contratada com carteira assinada.

Com esse reforço, o contingente de trabalhadores com carteira assinada soma 37,7 milhões, o segundo maior patamar da série histórica, perdendo apenas para o trimestre encerrado em junho de 2014, quando eram 37,8 milhões.

O número de empregados sem carteira foi de 13,4 milhões. Apesar de ter ficado estável no período, é o maior da série histórica.

Das dez atividades econômicas analisadas pelo IBGE, houve aumento no número de ocupados apenas na indústria, 369 mil pessoas, e na construção, 199 mil. As demais atividades permaneceram estáveis.

“A expansão da atividade de construção ocorreu principalmente por meio da informalidade, com o aumento do emprego sem carteira assinada e por conta própria sem CNPJ, enquanto a indústria impulsionou os trabalhos formais”, disse a coordenadora de Pnad do IBGE, Adriana Beringuy.

No trimestre, a taxa de informalidade foi de 39,2% da população ocupada, o que representa 39,4 milhões de trabalhadores informais. Nos três meses anteriores, a taxa tinha sido 39,1%.

Rendimento

O rendimento médio real do trabalhador chegou a R$ 3.034, aumento de 2,3% no trimestre. Em relação ao ano passado, a alta foi de 3,8%. No trimestre, esse crescimento foi mais acentuado entre os empregados com carteira assinada no setor privado (2,1%) e os trabalhadores por conta própria com CNPJ (7,6%).

“Na comparação anual, nenhuma forma de inserção apresentou queda no rendimento, seja no trabalho formal, seja no informal. Todos registraram variação positiva”, ressalta a pesquisadora do IBGE.

A pesquisa do IBGE é feita com uma amostragem de 211 mil domicílios em todo o país e busca informações sobre qualquer forma de trabalho, como contratados com carteira assinada, por conta própria e informais.

Caged

Outra estatística de referência sobre o mercado de trabalho é o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), compilado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, que coleta dados apenas de admissões e demissões de trabalhadores com carteira de trabalho.

A mais recente divulgação, nesta quinta-feira (28), apontou que novembro teve um saldo positivo de mais de 130 mil vagas. No acumulado de janeiro a novembro foram gerados no país 1.914.467 postos de trabalho.

Prazo para inscrição nos Editais de Apoio às Agroindústrias Familiares da Bahia está se encerrando

O Edital para Organizações Produtivas Dinâmicas, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), está com as inscrições abertas até o dia 15 de...

Inema destaca avanços no cadastro ambiental durante visita à comunidade quilombola

Para levar um maior entendimento sobre o Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir), técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema)...

Prazo para inscrição nos Editais de Apoio às Agroindústrias Familiares da Bahia está se encerrando

O Edital para Organizações Produtivas Dinâmicas, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), está com as inscrições abertas...
Fundação Jose Silveira

Prazo para inscrição nos Editais de Apoio às Agroindústrias Familiares da Bahia está se encerrando

O Edital para Organizações Produtivas Dinâmicas, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), está com as inscrições abertas...

Inema destaca avanços no cadastro ambiental durante visita à comunidade quilombola

Para levar um maior entendimento sobre o Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir), técnicos do Instituto do Meio...

O sintoma de câncer do pulmão que se manifesta nas mãos

Perda de apetite, dores no peito e, claro, tosse persistente são alguns dos sintomas mais conhecidos de câncer do...

Castramóvel realiza atendimentos no Abaeté até 16 de agosto

O Parque Metropolitano do Abaeté, em Itapuã, é o mais novo ponto de atendimento do Castramóvel, programa itinerante da...