Semop atua no apoio, fiscalização e ordenamento dos ambulantes no Festival Virada Salvador

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) tem atuado desde o primeiro dia do Festival Virada Salvador para orientar, manter o ordenamento dos vendedores ambulantes dentro e fora da Arena Daniela Mercury e evitar que materiais perfurocortantes permaneçam no local do evento.

Foto: Bruno Concha / Secom PMS

Nos dois primeiros dias, 279 materiais e mercadorias irregulares foram apreendidas pelas equipes de fiscalização do órgão, sendo 147 no primeiro dia e 92 no segundo. Entre os materiais estavam caixas de isopor diferentes das que foram doadas pelo patrocinador, bebida artesanal, carro de mercado, carro prancha, fogareiro e sacos contendo bebidas em garrafa de vidro, cerveja, água, refrigerante, energético e vinho de comercialização não autorizada.

“A fiscalização é muito importante para que daqui a gente comece a garantir a segurança da festa. Não adianta a Polícia Militar, a Guarda Municipal e a Polícia Civil fazerem um excelente trabalho, garantindo que todas as entradas sejam cobertas por câmeras, pelo efetivo e por todo um esquema de segurança, se aqui a gente permite que objetos possam colocar em risco a vida da população”, afirma o diretor de Serviços Públicos da Semop, Alysson Carvalho.

O órgão mantém três bases operacionais e um efetivo de 230 agentes, que atuam em turnos diferentes, mantendo a fiscalização durante 24h. Este ano, segundo Alysson, o órgão fez uma inovação em relação à organização dos vendedores, colocando as caixas na vertical, formando corredores que facilitam a circulação das pessoas e dos serviços, diferente da organização na horizontal, feita no ano passado.

Com isso, tanto as pessoas que querem acessar outras áreas do evento como as patrulhas de segurança da Polícia Militar, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros conseguem acessar o palco com mais facilidade. “Nós estamos tendo relatos de que as pessoas estão acessando mais facilmente as caixas de isopor também e, com isso, os vendedores estão conseguindo vender muito mais que nos anos anteriores”, conta Carvalho.

Foto: Bruno Concha / Secom PMS

Vendas – A vendedora Larissa Carine Santos, 33, conta que as vendas estão sendo muito melhores em comparação aos anos anteriores. Ela elogia também a relação entre o patrocinador e os vendedores e também entre a Semop e os vendedores. “Nós recebemos do patrocinador um carregador de celular portátil, kit higiene, álcool gel, absorvente, banco para sentar e assistência com alimentação e água. Já a Semop tem uma fiscalização frequente e fez uma organização melhor este ano. Algumas pessoas estão acostumadas a trabalhar umas em cima das outras, uns tendo mais lucro que outros, mas a Semop procurou organizar isso da melhor maneira para que todos tivessem oportunidade de vender. Estou tendo um bom lucro, melhor que no ano passado e estou amando”, conta.

A ambulante Claudice de Brito, 54, atua como vendedora autônoma há 25 anos e no Festival da Virada, há cinco. “As vendas estão bem melhores e eu particularmente não tenho do que reclamar, até porque todas as vezes que eu chego até a fiscalização e peço suporte, eles me atendem. Eu sou apaixonada pelo serviço. Acredito que nem todos os ambulantes respeitam, mas para termos respeito, temos que dar respeito. Estávamos tendo um problema, porque os ambulantes estavam chegando a caixa de isopor para frente, atrapalhando a venda dos demais, mas a atuação da Semop coibiu isso e manteve um ordenamento que melhor beneficiasse a todos. Eu só tenho a agradecer à Prefeitura e à Semop”, opina.

Licenças – Ao todo, foram concedidas 1045 licenças para os ambulantes, sendo 900 para vendedores de bebidas em isopor, dez baianas de acarajé, 110 baleiros, 15 carrinhos e dez Food Trucks.

Na última quarta-feira (27), os 900 ambulantes de isopor que trabalham na área do evento, na Boca do Rio, receberam uma capacitação com orientações importantes para o trabalho durante o Festival Virada Salvador. Os ambulantes de outras categorias, como foodtrucks, baleiros, carrinhos de pipoca e barracas

passaram pelo curso em ocasião anterior.

Postagem do Bahia de manhã cedo revolta torcedores: “Bom dia uma desgraça”

Os torcedores do Bahia acordaram injuriados nesta quinta-feira (25/07) e desabafaram após uma postagem do clube nas redes sociais. O Tricolor empatou por 1 a...

Beyoncé oferta bolsas de R$ 10 mil para alunos de universidade da Bahia

Beyoncé, por meio de sua fundação filantrópica BeyGOOD, está ofertando bolsas de estudo para estudantes da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) que encontram-se...

Postagem do Bahia de manhã cedo revolta torcedores: “Bom dia uma desgraça”

Os torcedores do Bahia acordaram injuriados nesta quinta-feira (25/07) e desabafaram após uma postagem do clube nas redes sociais. O...
Fundação Jose Silveira

Postagem do Bahia de manhã cedo revolta torcedores: “Bom dia uma desgraça”

Os torcedores do Bahia acordaram injuriados nesta quinta-feira (25/07) e desabafaram após uma postagem do clube nas redes sociais. O...

Beyoncé oferta bolsas de R$ 10 mil para alunos de universidade da Bahia

Beyoncé, por meio de sua fundação filantrópica BeyGOOD, está ofertando bolsas de estudo para estudantes da Universidade do Estado...

Na estreia do Brasil em Paris 2024, Ana Luiza Caetano bate recorde pessoal na fase classificatória do tiro com arco

O Brasil começou a sua trajetória nos Jogos Olímpicos Paris 2024. Na manhã desta quinta-feira (25), a jovem Ana...

CENAS LAMENTÁVEIS: Torcedores do Vitória e Flamengo brigam no Barradão e seis homens são presos

Um grupo de torcedores do Flamengo e do Vitória trocaram socos na frente do Estádio Manoel Barradas, o Barradão,...