Prefeitura Municipal de Savaldor

IRRESPONSABILIDADE: Marinha não foi comunicada sobre evento em Madre e cabe a prefeitura o controle da Ilha Maria Guarda

O comandante da Capitânia dos Portos da Bahia, capitão de Mar e Guerra Wellington Lemos Gagno reforçou em conversa com o Informe Baiano, após a coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (22/01), que a Marinha do Brasil não foi informada sobre o Madre Verão, que reuniu milhares de pessoas na Ilha Maria Guarda, em Madre de Deus. Só é possível chegar até a ilha pelo mar, o que causou grande movimentação na região.

Sem saber da festa, a instituição militar não reforçou a fiscalização e com isso muitas embarcações navegaram de forma irregular e acima da capacidade. Foi o caso do barco de nome “Gostosão FF”, que virou com mais de 25 pessoas e resultou em pelo menos seis mortes. A embarcação tinha capacidade para apenas 11 pessoas.

Em relação ao controle de embarque e desembarque, a AGERBA foi questionada e afirmou que não é de sua responsabilidade. O órgão disse que é responsabilidade da prefeitura a fiscalização na Ilha de Maria Guarda e no terminal de Madre de Deus.

 

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Porto Seguro

GUM FOI EMBORA! Sobrinho de Jha morto no Barro Duro e traficantes de Águas Claras fazem festa

Um homem conhecido como ‘Gum’, integrante do Bonde do Maluco (BDM) e apontado como autor de dezenas de homicídios...