Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia

Com recursos do Prodeagro, nova ponte em São Desidério melhora escoamento da produção agrícola no Oeste da Bahia

O Programa para o Desenvolvimento da Agropecuária (Prodeagro), uma iniciativa de renúncia fiscal do Governo da Bahia, executada por meio das Secretarias da Agricultura (Seagri) e da Infraestrutura (Seinfra), está financiando a construção de uma nova ponte sobre o Rio Grande, em São Desidério, na região Oeste. Com um investimento de mais de R$ 2,3 milhões, a obra substituirá uma antiga estrutura de madeira, que estava em estado precário e representava risco para o tráfego de veículos e pedestres.

A nova ponte, com 10 metros de largura e 25 metros de vão livre, permitirá o tráfego de veículos de carga com peso superior a 200 toneladas. A estrutura será elevada em uma base mista de concreto e metal, proporcionando maior segurança e durabilidade.

O Secretário da Agricultura do estado, Wallison Tum, destacou a importância da obra. “A nova ponte reflete os esforços do Governo da Bahia para melhorar a logística e a segurança no Oeste baiano, facilitando o transporte de produtos agrícolas, cargas e contribuindo para o desenvolvimento do setor produtivo local”, afirmou.

A previsão é de que a nova ponte seja entregue até março de 2024. A gestão da obra está sendo realizada pela Aiba, com apoio do Programa Patrulha Mecanizada, da Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa) e, também, da Prefeitura de São Desidério.

Odacil Ranzi, presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), também ressaltou a importância da obra. “Estamos acompanhando todas as etapas da construção e estamos confiantes de que a ponte será entregue dentro do prazo previsto”, disse. “A nova ponte vai promover a integração e a tranquilidade para o homem do campo e a população em geral”, completou.

Prodeagro

Para 2024, o montante destinado pelo Prodeagro é 30% maior que em 2023 e chega a 6 milhões de reais. Os recursos serão usados em obras estruturantes, asfalto, recuperação de estradas, além de financiar ações que visem o desenvolvimento socioeconômico e ambiental na região Oeste da Bahia. É nessa região onde estão concentrados os grandes produtores de grãos do estado.

Os recursos do Prodeagro advém, basicamente, de renúncia fiscal do Governo da Bahia, concedida nas aquisições internas junto ao produtor rural não constituído como pessoa jurídica, credenciado pela Seagri e atuante nos setores produtivos da soja, do milho e do café. Seu conselho gestor é formado por representantes da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento do Oeste Baiano (Fundação BA), da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) e da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra).

Fundação Jose Silveira
Prefeitura de Juazeiro

Inadimplência do consumidor aumenta em janeiro, após 2 meses de queda

Em janeiro deste ano, houve aumento no número de consumidores inadimplentes no país, após dois meses consecutivos de queda,...