Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

Governo assina decreto que regulamente programa Cozinha Solidária

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, assina o Decreto que regulamenta o Programa Cozinha Solidária, nesta terça-feira (05/03), durante a plenária do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), no Palácio do Planalto, em Brasília (DF). Além da assinatura, será feito o anúncio de R$ 30 milhões em recursos destinados à oferta de refeições que poderão ser acessados pelas entidades gestoras do programa por meio de editais de chamada pública.

Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), o Programa Cozinha Solidária foi criado em julho de 2023, por meio da Lei 14.628/2023. A secretária nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Lilian Rahal, explicou que trata-se de uma estratégia do governo que permite a integração de outras ações de segurança alimentar e nutricional, entre elas, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Agricultura Urbana e Periurbana.

“Estamos abraçando iniciativas da sociedade civil e fazendo com que essas políticas públicas cheguem ainda mais perto de quem mais precisa ter garantido o direito humano à alimentação adequada e saudável”, frisou Lilian Rahal.

As Cozinhas Solidárias foram criadas a partir das iniciativas da sociedade civil e de movimentos populares que, especialmente, durante a pandemia de Covid-19, se articularam e criaram espaços para preparo e distribuição de refeições, em resposta à realidade da fome que se acentuou ainda mais naquele período.

Decreto
A regulamentação do Programa Cozinha Solidária também estabelece diretrizes e normas para orientar as diversas iniciativas que passarão a ser atendidas em todo o território nacional. Além disso, o documento determina as modalidades de apoio do Governo Federal, critérios para participação, princípios, diretrizes e finalidades ancorados em bases da segurança alimentar e nutricional.

A gestão e operacionalização do Programa se dará por meio de parcerias entre MDS e entidades gestoras (entidade privada sem fins lucrativos), que atuarão na gestão e coordenação compartilhadas com uma ou mais Cozinhas Solidárias, oferecendo suporte ao funcionamento dessas tecnologias sociais.

Além disso, as Cozinhas Solidárias que fizerem parte da iniciativa poderão participar da formulação, implementação e monitoramento do Programa, garantindo a transparência e o engajamento da comunidade nas ações desenvolvidas.

Estas parcerias serão orientadas por diretrizes definidas no Decreto, que são:

– Acesso à alimentação adequada e saudável, de acordo com os preceitos do Guia Alimentar para a População Brasileira;

– Participação social na formulação, execução, acompanhamento, monitoramento e controle do Programa;

– Intersetorialidade, articulação e coordenação das ações relativas à segurança alimentar e nutricional;

– Valorização da cultura alimentar e incentivo à utilização dos alimentos provenientes da agricultura familiar e da agricultura urbana e periurbana.

Os recursos destinados às iniciativas de Cozinhas Solidárias participantes terão como finalidade apoiar a oferta de refeições para ações já em funcionamento, fornecer alimentos in natura e minimamente processados, adquiridos por meio do Programa de Aquisição de Alimentos, e apoiar a formação de colaboradores ou a implementação de projetos que abordem processos formativos com objetivo de aprimorar o funcionamento destes equipamentos.

Contexto
Dados da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN), publicados em 2022, revelaram que 33 milhões de pessoas no Brasil estão em situação de insegurança alimentar e nutricional considerada grave. A maioria dessas pessoas vivem em áreas urbanas. Além disso, a volta do Brasil ao Mapa da Fome da FAO em 2022 soa como alerta, apontando para a urgência de ações efetivas que respondam às demandas decorrentes dessa realidade.

Com a Lei das Cozinhas Solidárias, o Governo Federal passou a reconhecer estes equipamentos como uma tecnologia social crucial no combate à insegurança alimentar e nutricional. Em 2023, a Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS deu início ao mapeamento dessas iniciativas em funcionamento em todo Brasil.

O objetivo é apoiar o planejamento e delineamento de ações estratégicas voltadas às experiências locais de abastecimento e oferta de refeições que atendem pessoas e famílias em vulnerabilidade social e insegurança alimentar e nutricional. Até o momento foram mapeadas mais de 2,4 mil cozinhas solidárias pelo país, a maior parte concentrada nas regiões Sul e Sudeste.

CEO Federação oferece serviço de raio-x panorâmico de forma gratuita

Os interessados em fazer raio X panorâmico podem acessar o exame gratuitamente no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Federação. O aparelho com alta tecnologia...

Suspeito de roubar farmácia na Pituba é preso em flagrante pela Polícia Civil

Uma equipe do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) recuperou 69 frascos de desodorantes subtraídos de uma farmácia no bairro da Pituba. Um homem foi...
Prefeitura Luis Eduardo Magalhães

CEO Federação oferece serviço de raio-x panorâmico de forma gratuita

Os interessados em fazer raio X panorâmico podem acessar o exame gratuitamente no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Federação....
Prefeitura Municipal de Savaldor

CEO Federação oferece serviço de raio-x panorâmico de forma gratuita

Os interessados em fazer raio X panorâmico podem acessar o exame gratuitamente no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Federação....

Suspeito de roubar farmácia na Pituba é preso em flagrante pela Polícia Civil

Uma equipe do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) recuperou 69 frascos de desodorantes subtraídos de uma farmácia no bairro...

ARRANCADA DO VEÍCULO: Vídeo mostra momento em que professora é agredida e tem carro roubado em Itapuã

Imagens de uma câmera de segurança enviadas ao Informe Baiano mostram o exato momento em que uma professora tem...

Prefeitura entrega novo Camelódromo de Sussuarana com cobertura termoacústica

A Prefeitura de Salvador entregou nesta sexta-feira (12) um novo espaço para dar mais conforto e dignidade aos trabalhadores...