Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

Governo bloqueia R$ 2,9 bilhões do Orçamento para cumprir meta

Beneficiado pela arrecadação recorde do início de ano, o Orçamento de 2024 terá um bloqueio de R$ 2,9 bilhões em gastos discricionários (não obrigatórios), divulgou há pouco o Ministério do Planejamento e Orçamento. Esse montante é necessário para cumprir tanto a meta de déficit fiscal zero como o limite de gastos estabelecido pelo novo arcabouço fiscal.

O corte temporário equivale a 0,14% do limite total de gastos e a 1,42% das despesas discricionárias do Poder Executivo. Sem a arrecadação recorde de janeiro e fevereiro, reforçada pela tributação dos fundos exclusivos, pela reoneração dos combustíveis e pela recuperação da economia, o bloqueio seria maior. Nos dois primeiros meses do ano, a União arrecadou 8,82% mais que no mesmo período de 2023, descontada a inflação.

O Planejamento revisou para R$ 9,3 bilhões a estimativa de déficit primário – resultado negativo das contas do governo sem os juros da dívida pública. O arcabouço fiscal estabelece meta de déficit zero neste ano, mas permite um limite de tolerância de 0,25% do Produto Interno Bruto (PIB), o que equivale a R$ 28,8 bilhões.

Receitas e despesas

O relatório prevê queda de R$ 31,5 bilhões nas receitas brutas em relação ao valor sancionado no Orçamento Geral da União de 2024. Desse total, R$ 17,8 bilhões a menos da receita administrada pela Receita Federal, R$ 14,5 bilhões a menos de receitas de roaylties (o que inclui a exploração de petróleo) e R$ 12,8 bilhões a menos de receitas com concessões e permissões. Ao considerar os repasses para estados e municípios, a queda na receita líquida diminui para R$ 16,8 bilhões.

Em relação aos gastos, o relatório prevê aumento de R$ 1,6 bilhão. As despesas obrigatórias foram revisadas para cima em menos R$ 6,1 bilhões. Os principais destaques são precatórios (+R$ 7,8 bilhões), benefícios da Previdência Social (+R$ 5,6 bilhões), créditos extraordinários (+R$ 4,1 bilhões) e abono e seguro desemprego (+R$ 1,6 bilhão). Outros gastos obrigatórios foram revisados para baixo, chegando no acréscimo final de R$ 6,1 bilhão.

Os gastos discricionários foram revisados para baixo em R$ 4,5 bilhões, resultando no crescimento final de R$ 1,6 bilhão nas despesas federais. Em tese, o governo teria de contingenciar (bloquear temporariamente) R$ 18,7 bilhões, mas o valor está abaixo do limite de tolerância de R$ 28,8 bilhões.

Limite de gastos

O bloqueio de R$ 2,9 bilhões foi definido unicamente com base no limite de gastos do novo arcabouço fiscal. O valor foi definido com base na diferença do limite de R$ 2,089 trilhões de despesas, expostas no novo arcabouço, e a previsão de que o governo gastará R$ 2,092 trilhões neste ano.

Até o próximo dia 30, um decreto presidencial divulgará a distribuição do bloqueio pelos ministérios.

Bailinho da PM proporciona diversão às crianças na Micareta de Feira

A Polícia Militar, por meio do Comando do Policiamento da Região Leste (CPR-L), realizou, na tarde de sábado (20), mais uma edição do seu...

Programa Vida Nova promove cursos de qualificação profissional para assistidos da Sempre

Alunos do curso de Panificação do projeto Vida Nova Cursos de Qualificação, realizado pela Prefeitura de Salvador em parceria com o Senac Bahia, já...
Prefeitura Municipal de Morro do Chapéu

Bailinho da PM proporciona diversão às crianças na Micareta de Feira

A Polícia Militar, por meio do Comando do Policiamento da Região Leste (CPR-L), realizou, na tarde de sábado (20),...
Fundação Jose Silveira

Bailinho da PM proporciona diversão às crianças na Micareta de Feira

A Polícia Militar, por meio do Comando do Policiamento da Região Leste (CPR-L), realizou, na tarde de sábado (20),...

Programa Vida Nova promove cursos de qualificação profissional para assistidos da Sempre

Alunos do curso de Panificação do projeto Vida Nova Cursos de Qualificação, realizado pela Prefeitura de Salvador em parceria...

‘TENTANDO ACERTAR’: Davi pede perdão a Mani e diz que quer conversar pessoalmente

Davi, campeão do BBB 24, pediu perdão a Mani Rêgo, na tarde deste domingo (21/04), após o término do...

FCM capacita mais de 120 adolescentes em novas turmas do programa Jovem Aprendiz

Iniciadas duas em dezembro e mais duas no início deste mês de abril, as novas turmas de Jovem Aprendiz...