MANÉ DENDÊ: Bruno Reis entrega nova etapa com obras viárias, Ecoponto e 20 sobrados

Maior iniciativa de revitalização urbana e de saneamento da história do Subúrbio Ferroviário de Salvador, o Novo Mané Dendê teve mais um conjunto de obras inauguradas pela Prefeitura nesta sexta-feira (5). As entregas, que fazem parte da segunda etapa do projeto, envolveram a abertura de novas vias, sendo a principal delas a Avenida Novo Mané Dendê, entre Itacaranha e Alto da Terezinha, a implantação do primeiro Ecoponto para a região e a construção de 20 sobrados para moradores de baixa renda.

O projeto visa requalificar toda a região da Bacia do Rio Mané Dendê, dando à população acesso a esgotamento sanitário adequado e abastecimento de água, contribuindo também para a revitalização e preservação dos mananciais. As entregas foram realizadas pelo prefeito Bruno Reis e pelo secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Luiz Carlos de Souza, em evento no Alto da Terezinha. A ação faz parte das comemorações pelos 475 anos da capital baiana e as obras tiveram um investimento de R$45,5 milhões.

Bruno Reis lembrou que o Novo Mané Dendê é o maior projeto em volume de investimentos que a Prefeitura realiza na cidade. “Nenhuma outra obra supera os investimentos que nós estamos fazendo aqui, no Subúrbio Ferroviário. O Mané Dendê é maior (em volume de investimentos) do que o BRT, maior do que a Arena Esportiva, maior do que o Hospital Maternidade e da Criança. Maior do que obras passadas, como o Centro de Convenções e o Hospital Municipal. Essa é a prova do nosso maior compromisso, que é com as pessoas que mais precisam, com os mais carentes, com as áreas mais pobres da nossa cidade”, disse.

Para abrigar famílias que residiam em situação precária de moradia, no perímetro dos trechos onde ocorrem as obras de revitalização do Rio Mané Dendê, a Prefeitura concluiu a construção de 20 sobrados no bairro de Ilha Amarela. Cada unidade tem dois pavimentos, contendo sala, banheiro, cozinha e quartos. Além disso, o município realizou melhorias habitacionais em 30 residências.

Os imóveis somam-se a outras residências já entregues pela Prefeitura, como os 260 apartamentos de um empreendimento habitacional construído também em Ilha Amarela, em 2021. No total, o projeto Novo Mané Dendê vai entregar 710 moradias para famílias de baixa renda, entre prédios, sobrados e casas.

Bruno Reis lembrou que a Prefeitura precisou intervir para dar dignidade aos moradores. “Aqui, no passado, era esgoto. O Rio Mané Dendê, infelizmente, virou o esgotamento das casas, e as pessoas moravam em cima desse esgoto. Isso acabou. Por onde passa essa nova avenida havia muitas casas, onde as pessoas, no período das chuvas, infelizmente tinham que conviver com inundações, com ratos, baratas e insetos. Nós acabamos com isso”, disse.

“A Prefeitura está fazendo esgotamento sanitário e abastecimento de água. Vocês sabem que nada disso é obrigação da Prefeitura. Portanto, nossa gestão está indo além das nossas atribuições para resgatar o rio, para dar dignidade às pessoas. Isso sim é compromisso com o meio-ambiente, com a sustentabilidade, com o social”, completou o prefeito.

A diarista Marli Gonçalves dos Santos, de 51 anos, mora na Ilha Amarela há 35 anos. Segundo ela, antes do projeto as situações de moradia eram precárias. “A gente morava na beira do rio, eram condições muito ruins. Esgoto aberto, quando chovia demais invadia a casa, alagava tudo. A gente vivia com essa preocupação no inverno, de rato, de cobra, de tudo que era bicho, tinha esse problema”, disse.

Ela foi uma das pessoas contempladas com um novo sobrado. “Agora, é só gratidão por esse projeto maravilhoso, que chegou até aqui, na Ilha Amarela. Muitas pessoas estavam precisando de uma casa melhor, era gente que tinha casa de madeira e agora tem uma casa decente. Isso é gratificante para todo mundo”, completou.

Novas vias – Para facilitar a mobilidade de pedestres e de veículos, cerca de 1,1 km de novas vias foram concluídas no entorno do rio, sendo a maior delas a Av. Novo Mané Dendê, que possui 900 metros de faixas duplicadas ligando a Via Tronco à Rua Arco do Triunfo. Além disso, 1,5 km de vias adjacentes receberam melhorias na pavimentação, nas calçadas e no meio-fio.

O projeto também devolve a Salvador mais uma nascente da bacia do Rio Mané Dendê preservada e revitalizada, garantindo a proteção ao meio-ambiente local. Para isso, um conjunto de serviços de macro e de microdrenagem foi realizado nos mananciais, assim como obras de esgotamento sanitário nas residências próximas ao leito do rio, promovendo mais qualidade de vida e dignidade à população.

Titular da Seinfra, Luiz Carlos de Souza detalhou as intervenções: “Estamos recuperando todo o leito do rio, fazendo macro e microdrenagem, fazendo as instalações corretas de esgoto das casas do entorno, recuperando as casas, fazendo melhorias habitacionais, além de dar moradias dignas para as pessoas que moravam à margem do rio. Vivendo um dia a dia com enchentes, com ratos, baratas, insetos de modo geral. Era um lugar insalubre, mas nós estamos dando para essa população condições dignas de viver”, disse.

Ecoponto – O primeiro Ecoponto do Subúrbio Ferroviário foi inaugurado na Rua Cardeal Jean, no Alto da Terezinha. O equipamento vai proporcionar o manejo correto dos resíduos domiciliares na região da bacia do Rio Mané Dendê, contribuindo para a manutenção da limpeza urbana e para a participação popular na coleta seletiva. O local dispõe de quatro contêineres, uma baia coberta para resíduos recicláveis secos, duas baias descobertas para armazenamento de entulho limpo triturado, módulo de triturador, módulo administrativo e depósito para materiais e equipamentos.

Presidente da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), Omar Gordilho destacou que os Ecopontos visam dar condições à população de descartar corretamente os resíduos. “Teremos mais dois aqui na região do Subúrbio, em Ilha Amarela e em Itacaranha, como parte do projeto Mané Dendê. Aqui nós vamos atender a comunidade, aquelas pessoas que não têm condições de encaminhar seus resíduos da construção civil de forma correta, seu material de poda”, afirmou.

Para o entulho limpo, contendo sobretudo restos de alvenaria, o espaço possui um equipamento que é capaz de triturar esse material. Com isso, os moradores podem aproveitar o material gerado como substituto à brita ou à areia em obras que não tenham função estrutural. Também podem ser descartados resíduos volumosos (colchões, carcaças de fogões, sofás, geladeiras e afins) e resíduos de podas de árvores e recicláveis secos.

Em andamento – Também como parte do Novo Mané Dendê, a região ganhará um terminal de ônibus, cujas obras estão 70% concluídas, um centro cultural comunitário (30%), um mercado popular (85%) e duas escolas municipais de alto padrão (45%).

A primeira etapa do Novo Mané Dendê foi entregue em setembro de 2022 e envolveu serviços de micro e macrodrenagem, abastecimento de água, esgotamento sanitário, além de pavimentação e novas áreas de lazer ao longo do leito do rio. Em maio de 2023, parte da segunda etapa foi concluída na região com a construção de praças equipadas com quiosques, brinquedos para a diversão das crianças e campos de futebol.

Oito mil alunos com necessidades especiais são assistidos nas escolas municipais de Salvador

Em 2024, oito mil alunos estão matriculados na Educação Especial da rede municipal de ensino de Salvador, de acordo com os dados mais atuais...

Isaquias Queiroz e Raquel Kochhann, serão os porta-bandeiras do Brasil na Cerimônia de Abertura de Paris 2024

Dois sobreviventes, campeões no esporte e vida, terão a honra de conduzir a bandeira do Brasil na Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos Paris...

Oito mil alunos com necessidades especiais são assistidos nas escolas municipais de Salvador

Em 2024, oito mil alunos estão matriculados na Educação Especial da rede municipal de ensino de Salvador, de acordo...
Fundação Jose Silveira

Oito mil alunos com necessidades especiais são assistidos nas escolas municipais de Salvador

Em 2024, oito mil alunos estão matriculados na Educação Especial da rede municipal de ensino de Salvador, de acordo...

Isaquias Queiroz e Raquel Kochhann, serão os porta-bandeiras do Brasil na Cerimônia de Abertura de Paris 2024

Dois sobreviventes, campeões no esporte e vida, terão a honra de conduzir a bandeira do Brasil na Cerimônia de...

FEIRA DE SANTANA: Funcionário de lava-jato é morto a tiros durante o trabalho

Um homem, identificado como José Luiz Borges Santos, de 41 anos, foi morto a tiros em Feira de Santana,...

Comercio exterior brasileiro tem superávit de US$ 1,5 bi na 3° semana de julho

Nesta segunda-feira (22/7), a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (Secex/MDIC), publicou os...