Jô Soares se emociona ao falar de ataques a Chico Buarque e José de Abreu

Na noite desta quinta-feira (27), o apresentador Jô Soares recebeu as as jornalistas Cristina Serra, Lillian Witte Fibe, Natuza Nery, Mara Luquet e Cristiana Lobo, e fez um desabafo enquanto debatia o cenário político em seu programa na Rede Globo.

Ao falar sobre os ataques motivados pela intolerância política, ele se emocionou ao defender a classe artística, citando os recentes casos envolvendo Chico Buarque e José de Abreu.

- publicidade -

“Me espanta cada vez mais o ambiente de impaciência que o Brasil está vivendo. Esse episódio que aconteceu com o José de Abreu é constrangedor. Um cidadão não pode sair com sua mulher para jantar que é obrigado a ouvir insultos terríveis. Disseram horrores sobre a mulher dele. A reação dele foi levantar e dar uma cusparada no casal, que também é uma reação movida por um ‘não aguentar mais’. A pessoa não pode ter uma opinião ou tendência política que é condenada. Isto está ficando igual ao comportamento de alguns deputados no Congresso, que também é lamentável”, desabafou Jô.

Ao relembrar do episódio em que o cantor e compositor Chico Buarque foi agredido, Jô Soares ficou com os olhos marejados e a voz embargada.

“Perdoem-me, mas eu tinha que fazer esse desabafo que estava contido aqui há muito tempo. O Chico Buarque, que é um patrimônio desse país, não poder sair de casa e jantar com os amigos sem ser agredido ou ofendido? Um homem que tem que ser reverenciado, sai na rua com os amigos e aí, de repente, é agredido de uma forma mesquinha”, lamenta o apresentador, que aproveitou a oportunidade para esclarecer fatos sobre a Lei Rouanet.

Jô prossegue com seu pensamento, e se explica: “Nenhum artista merecia isso, principalmente, um artista que já representou o Brasil e representa o Brasil. Ele naturalmente é um brasileiro do qual todo brasileiro devia se orgulhar. Eu fico indignado com esse tipo de atitude. Me perdoem de ter até me emocionado aqui, mas é que realmente eu não entendo. Feliz um país que tem um Chico Buarque”.

Durante o programa, apresentador e jornalistas comentaram os últimos acontecimentos da política nacional e também falaram sobre o ambiente em Brasília. “Espanta-me cada vez mais o ambiente irascível que está acontecendo pelo Brasil inteiro”, afirmou Jô Soares.

Lei Rouanet

Jô Soares também criticou o argumento usado pelos ignorantes para criticar a classe artística: a Lei Rouanet (criada por Fernando Collor em 1991), que vem sendo utilizada pelos que desconhecem o funcionamento da política de incentivos fiscais.

“A confusão que fazem com relação à Lei Rouanet é brutal. É uma ignorância falar que o José de Abreu vive às custas da Lei Rouanet. Isso é um total desconhecimento da lei”, ressaltou o apresentador.

Vítima

O próprio Jô Soares já foi vítimas de ataques movidos por intolerância, tanto na internet como pessoalmente. Em junho de 2015, o apresentador recebeu várias ofensas e agressões por ter entrevistado a presidente da República, Dilma Rousseff.

Jô teve a calçada da sua residência pichada com uma ameça: “Jô Soares, morra”. Sem contar as constantes agressões que recebe pela internet.

Assista:

 


Informações: GShow e Pragmatismo Político

 

Engenheiro brasileiro enfrenta desafio em missão aeroespacial simulada

Imagine que você está em missão espacial e tem direito a apenas oito minutos de banho – por semana. Em tese, um minuto por dia. Como faria...

Ação em Cajazeiras localiza pistolas com menor e adulto

O Esquadrão de Motociclistas Águia da PM encontrou duas pistolas fabricadas na Áustria e nos E.U.A. com um adolescente e um adulto. O flagrante aconteceu na noite...

Acidente aéreo na Ucrânia deixa pelo menos 26 mortos

Fonte: RTV via Agência Brasil Vinte e seis pessoas, a maioria estudantes de escolas militares, morreram na queda de um avião de transporte militar nessa sexta-feira (25), durante...

Roça de maconha e três criminosos localizados em Mucugê

Uma denúncia anônima ajudou as equipes da Polícia Militar, na Chapada Diamantina, na descoberta de uma roça de maconha, na cidade de Mucugê. O flagrante aconteceu, na...