Exemplo de imagem responsiva Assembleia Legislativa da Bahia
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Assembleia Legislativa da Bahia

Adolescente que assassinou três pessoas da mesma família morreu após queda acidental

O adolescente de 15 anos que teria assassinado a própria família morreu após uma queda acidental. Foi o que revelou amigos do suspeito em depoimento à polícia. O caso aconteceu na cidade de Agudos, em São Paulo.

O corpo do jovem foi encontrado na manhã da última segunda-feira (27/05), em Bauru. Ele estava em um prédio abandonado na avenida Doutor Adolpho Miraglia. Os três amigos, de 16, 18 e 20 anos, foram localizados após a polícia analisar 2 mil vídeos e 48 horas de gravações. Imagens mostram quatro pessoas entrando no prédio e apenas três saindo.

O delegado Cledson Nascimento revelou que o trio disse em depoimento que após usar maconha, foram até Bauru e comprou tintas spray para pichação e “respingo de solda”. O material seria usado como alucinógeno, além de salgados, refrigerantes e lanches. Tudo teria sido custeado pelo adolescente suspeito dos assassinatos.

Na versão dos três, quando saiam do local, o adolescente disse que voltaria para pegar seus chinelos e logo em seguida escutaram forte estrondo. Quando foram verificar o que tinha acontecido encontraram o amigo caído no vão lateral do prédio, com vários ferimentos. Eles mexeram no corpo e retiraram a bermuda do jovem para pegar o resto do dinheiro que estava com ele, cerca de R$ 30. Depois, voltaram para Agudos e combinaram de não contar o que havia acontecido a ninguém.

Também alegaram que não pediram socorro porque temiam ser responsabilizados pela morte. Embora o laudo necroscópico ainda não tenha ficado pronto, não foram encontradas lesões de defesa ou algo que indicasse uma agressão anterior ao adolescente. As lesões eram compatíveis com a queda. Por isso, o trio foi liberado, conforme o delegado Cledson Nascimento, responsável pelas investigações.

Entenda o caso

O adolescente era suspeito de matar três pessoas da mesma família. As vítimas foram identificadas, no último domingo (26/05), como Aparecido Roberto Carrasco, 74; Joana Fátima Sanches Carrasco, 70; e Valdinei de Souza, 57, genro do casal de idosos. Eles foram encontrados com marcas de violência no último sábado (25). A Polícia Civil ainda não descobriu a motivação do crime. Os três corpos foram velados e sepultados no Cemitério Municipal de Agudos.

II Arraiá Reggae terá 3 dias de atrações gratuitas no Pelourinho

É São João, mas os amantes do reggae também serão contemplados. Pela segunda vez, será realizado o Arraiá Reggae, com atrações diversas. A Praça...

Simões Filho: Prefeitura inicia montagem da estrutura para o Arraiá das Viúvas

A Prefeitura de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), iniciou à montagem das estruturas para o Arraiá das Viúvas 2024, que neste ano...
Prefeitura Luis Eduardo Magalhães

II Arraiá Reggae terá 3 dias de atrações gratuitas no Pelourinho

É São João, mas os amantes do reggae também serão contemplados. Pela segunda vez, será realizado o Arraiá Reggae,...
Fundação Jose Silveira

II Arraiá Reggae terá 3 dias de atrações gratuitas no Pelourinho

É São João, mas os amantes do reggae também serão contemplados. Pela segunda vez, será realizado o Arraiá Reggae,...

Simões Filho: Prefeitura inicia montagem da estrutura para o Arraiá das Viúvas

A Prefeitura de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), iniciou à montagem das estruturas para o Arraiá das...

IGAPORÃ: Motorista morre carbonizado após caminhão tombar e pegar fogo na BR-430

Na manhã deste sábado (22), um caminhão tombou e acabou pegando fogo na BR-430, próximo à cidade de Igaporã....

Pista é liberada após caminhão-tanque derramar diesel na BR-324

O trecho da BR-324, entre as cidades de Feira de Santana e Tanquinho, foi liberado na tarde deste sábado...