Temporada de observação de baleias-jubarte será aberta oficialmente em Salvador na próxima segunda (15)

A temporada de observação de jubarte em Salvador será aberta oficialmente na próxima segunda-feira (15) pelo Projeto Baleia Jubarte, em parceria com a Prefeitura de Salvador e o Museu Náutico da Bahia. Nesta temporada, além da observação dos cetáceos, que já é feita no Museu Náutico da Bahia (Farol da Barra), a população vai poder conferir uma exposição de placas e uma réplica caudal de baleia, no Forte de Santa Maria, na Barra.

A partir do dia 15, o projeto estará no Museu Náutico da Bahia, em parceria com a instituição, atendendo às pessoas que visitam o equipamento. No local serão disponibilizados binóculos para a observação. Além disso, as empresas Shark Dive e a Apolônio Turismo Náutico realizam o turismo de observação de baleias no mar (em embarcações) em parceria com o projeto. Os passeios ocorrem fora da Baía de Todos-os-Santos, entre a Barra e a Pituba.

Segundo coordenador do projeto em Salvador, Gustavo Rodamilans, o turismo de observação de baleias tem tido um acréscimo muito grande na cidade, graças ao trabalho realizado pelo projeto, apoiado pela Prefeitura. Inclusive, já houve registro de turistas que tiveram a observação das baleias como primeira opção para vir à capital.

Números – Na temporada do ano passado, o projeto registrou a participação de 750 turistas para a observação realizada em Salvador, além de 28 embarques e 1.098 quilômetros navegados. Ao todo, 187 baleias foram avistadas apenas durante a observação feita no Museu Náutico, 72 grupos dos cetáceos foram registrados e 32 foi o recorde de baleias vistas no mesmo passeio. No Farol da Barra, 3,8 mil pessoas foram atendidas pelo projeto e 53.561 participaram da exposição de fotos.

Para o diretor de turismo da Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador (Secult), Márcio Franco, o acréscimo só demonstra o imenso potencial para transformar Salvador em um polo de turismo de observação de cetáceos. “Vamos continuar trabalhando para aprimorar essa atividade sustentável, sempre respeitando o comportamento natural desses incríveis animais. Com a colaboração de todos, pretendemos consolidar Salvador não apenas como a capital da alegria e da cultura, mas também como um destino de destaque no turismo de observação”, afirma.

Rodamilans destaca que desde o início do trabalho de conservação das baleias, o Projeto Baleia Jubarte acredita que uma das formas de conservar esses animais é por meio da aproximação. “Por isso a gente fomenta e incentiva esse turismo de observação com um trabalho robusto em todo o litoral brasileiro e também aqui em Salvador. O turismo de observação de baleias é um turismo que gera cerca de 1 bilhão de dólares por ano no mundo e tem um potencial muito grande, principalmente, em algumas cidades”, conta.

Ele acrescenta que Salvador apresenta vantagens para a observação. “A primeira delas é que o observador consegue ver as baleias em uma área muito próxima e a segunda é que, ao sair de barco, as pessoas têm uma vista belíssima da cidade, uma vista de mar para a terra, caracterizada pela beleza da Baía de Todos-os-Santos, que faz com que o passeio seja muito agradável”, diz.

Santa Maria – O Forte Santa Maria terá a exposição Salvador das Baleias, que contará com dez placas informativas contendo texto e imagens sobre a reprodução, biologia e comportamento das baleias. As fotos são explicativas e haverá equipes em alguns momentos para fazer o atendimento aos turistas.

Escolas – O projeto também fará um trabalho de educação ambiental junto às escolas municipais com cartilhas chamadas Momo, que contam a história de um filhote de baleia. A cartilha foi produzida em aquarela por uma equipe do projeto e teve 2 mil exemplares impressos pela Prefeitura. Em data a ser definida, junto à Secretaria Municipal da Educação (Smed), o projeto estará nas escolas para apresentar o material às crianças de 6 e 7 anos. Após a apresentação, os pequenos vão poder levar as cartilhas para casa.

“Essa cartilha foi baseada na Pedagogia Waldorf e retrata os aprendizados que o filhote de baleia tem. A gente faz um paralelo ao processo de aprendizagem das crianças na primeira infância, ao apego à mãe, às novas conquistas, aos desafios e ao conhecimento de um mundo novo. Na cartilha há um QR Code e os pais vão poder acessar a narração, pois o material é ilustrado, e também um curta-metragem contando a história de Momo”, explica Rodamilans.

A intenção é trabalhar a ludicidade por meio de algo desconhecido, mas que pode ser relacionado com as próprias vidas dos pequenos. “Trabalhamos, inclusive o escutar para que eles possam ter um momento de reflexão e de interpretações livres sobre a vivência de Momo. Ficamos muito felizes com a produção desta cartilha e em poder aplicá-la na primeira infância, que é um público às vezes difícil de alcançar com a educação ambiental”, complementa.

Aparições – De julho a outubro, as baleias-jubarte saem da Antártica à procura de águas mais quentes e calmas para ter os seus filhotes, amamentá-los e realizar os seus rituais de acasalamento. A estimativa da população de baleias na costa brasileira é de 30 mil. A recuperação populacional dos cetáceos vem sendo observada desde que a espécie deixou de ser caçada no Atlântico Sul.

Desde o final de maio, esses mamíferos estão sendo vistos em Salvador, apesar de a temporada de observação só começar oficialmente este mês. No último sábado (6), um deles foi visto por um pescador na Baía de Todos-os-Santos. Em junho, algumas pessoas registraram a aparição da jubarte em área próxima do Terminal da Feira de São Joaquim e na praia do Porto da Barra.

Para quem está navegando, a orientação é que as regras de observação sejam respeitadas, entre elas a distância mínima permitida de 100 metros por segurança tanto do animal como de quem está embarcado.

STF prorroga até setembro prazo de suspensão da desoneração da folha

ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou até 11 de setembro a suspensão do processo que trata da desoneração de impostos...

Oficina de Mobilização para Mestrado em Segurança Pública acontecerá no COI

As aulas para a Oficina de Mobilização para o Mestrado Profissional em Segurança Pública, Justiça e Cidadania acontecerão, na próxima sexta-feira (19), a partir...

STF prorroga até setembro prazo de suspensão da desoneração da folha

ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou até 11 de setembro a suspensão do processo que...
Fundação Jose Silveira

Simm oferece 79 vagas para esta quinta-feira (18)

O Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (Simm) oferece 79 vagas de emprego e estágio em Salvador...

Câncer de cabeça e pescoço: hábitos saudáveis e sexo seguro são aliados na prevenção

Estamos no Julho Verde, mês de conscientização do câncer de cabeça e pescoço, que reúne diferentes tipos da doença...

Zé Vaqueiro fala pela primeira vez sobre perda do filho caçula: “Propósito de Arthur se cumpriu”

Na noite dessa quarta-feira (17/07), o cantor Zé Vaqueiro apareceu em suas redes sociais pela primeira vez após a...

Débora Régis será confirmada como candidata a prefeita de Lauro de Freitas durante convenção neste sábado (20)

A vereadora Débora Régis (União Brasil) será confirmada como candidata a prefeita de Lauro de Freitas neste sábado (20),...