Operação Acarajé da Lava-jato: Justiça determina prisão de marketeiro baiano

O marketeiro baiano João Santana que coordenou a campanha da presidente Dilma e do ex-presidente Lula deve ser preso assim que desembarcar no país. De acordo com reportagem exibida agora há pouco no Jornal Bom Dia Brasil da Rede Globo, o juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato determinou a prisão. Nesta manhã, agentes da Polícia Federal estiveram no Condomínio Interlagos, em Camaçari e apreenderam documentos na residência do marketeiro. Essa é a 23 fase da operação e foi batizada de Operação Acarajé, que era o nome que os acusados se referiam a dinheiro. Entre as investigações, recursos recebidos por Santana da Odebrecht. Ao todo são seis mandados de prisão que foram decretados e 5 mandados de condução coercitiva.

Últimas Noticias