Operação Acarajé da Lava-jato: Justiça determina prisão de marketeiro baiano

O marketeiro baiano João Santana que coordenou a campanha da presidente Dilma e do ex-presidente Lula deve ser preso assim que desembarcar no país. De acordo com reportagem exibida agora há pouco no Jornal Bom Dia Brasil da Rede Globo, o juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato determinou a prisão. Nesta manhã, agentes da Polícia Federal estiveram no Condomínio Interlagos, em Camaçari e apreenderam documentos na residência do marketeiro. Essa é a 23 fase da operação e foi batizada de Operação Acarajé, que era o nome que os acusados se referiam a dinheiro. Entre as investigações, recursos recebidos por Santana da Odebrecht. Ao todo são seis mandados de prisão que foram decretados e 5 mandados de condução coercitiva.

Inep adia para agosto as provas do Encceja 2020

As provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2020 serão aplicadas no dia 29 de agosto de 2021 - a data...

Operação em Itabuna localiza traficante com drogas e veículos   

  Investigadores da 6ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna) prenderam, na sexta-feira (09/04), um homem por tráfico de drogas e posse ilegal de munições, no bairro Alto...

Flamengo e Palmeiras decidem supercampeão do Brasil hoje

O primeiro campeão nacional da temporada 2021 será conhecido neste domingo (11). A partir das 11h (horário de Brasília), o Flamengo, campeão brasileiro de 2020, mede forças...

Execução dentro de residência em Massaranduba

Um rapaz de 20 anos foi assassinado na noite de sábado (10/04), no bairro de Massaranduba, região da Cidade Baixa de Salvador. O crime aconteceu por volta...