Radialista é detido após mentir em audiência no TRE; Deputado pode perder o mandato para vereador

O radialista Franedi Góis foi detido e conduzido à Polícia Federal após mentir em uma audiência no TRE – Tribunal Regional Eleitoral que analisa um processo contra o deputado federal Uldurico Júnior do Partido Verde. O parlamentar é acusado pelo vereador Joceval Rodrigues (PPS) de irregularidades na campanha em 2014 e pode perder o mandato. Em entrevista ao Informe Baiano, o vereador Joceval Rodrigues, líder do prefeito ACM Neto na Câmara Municipal de Salvador, disse que a audiência terminou por volta de 22 horas e contou como tudo aconteceu.

“Seria a última audiência de oitiva de testemunhas, mas eles fizeram uma manobra apresentando um atestado e requerendo uma nova audiência no dia 30 de maio. Nós questionamos a veracidade do atestado, inclusive. Eles estão tentando atrasar o processo. Todas as minhas testemunhas já foram ouvidas. É a segunda testemunha dele que é presa. Eles mentem. A promotora chegou a pedir para ele reavaliar as palavras e alertou que ele seria preso. O rapaz foi pego em várias contradições”, afirmou. Joceval disse ainda que a referida testemunha afirmou em juízo que não participou da campanha do deputado, mesmo com provas mostrando que ele atuou como repórter. Entre as irregularidades denunciadas está a utilização da Rádio Caraípe FM, de Teixeira de Freitas, que teria sido usada como ferramenta de campanha eleitoral através de entrega de cestas básicas e atividades sociais. O responsável pelo processo é o juiz-corregedor Fábio Alexander Rocha, que ainda vai se pronunciar. Caso seja aceito, a ação segue para considerações finais e consequentemente, vai ser julgada pelo pleno.

Últimas Noticias

Mel produzido por cooperativa de Tucano garante faturamento de R$ 2,5 milhões para apicultores da região

O Governo do Estado já investiu R$61 milhões no sistema produtivo da apicultura e meliponicultora da Bahia, somente pelos...