Manaus decreta situação de emergência diante de surto de sarampo

A prefeitura de Manaus vai decretar situação de emergência por 180 dias em razão do surto de sarampo registrado na capital amazonense. O anúncio será feito hoje (3) durante coletiva de imprensa com o prefeito Arthur Virgílio Neto.

No Amazonas, até 20 de junho, foram confirmados 263 casos de sarampo, enquanto 1.368 permanecem em investigação e 125 foram descartados. Das 1.756 notificações registradas no estado, 82,1% (1.441) são em Manaus.

Relacionados