Estudantes protestam contra demissões em escolas; Secretaria nega prejuízo

Alunos de quatro escolas estaduais de Salvador se reúnem no Campo Grande, nesta segunda-feira (4), em protesto contra a demissão de funcionários terceirizados da limpeza e da cozinha da colégio Teixeira de Freitas. De acordo com o professor Pedro Macêdo, que educador físico na instituição, os funcionários foram notificados na manhã de hoje sobre as demissões. “As empresas são a HD, Stap, CIC”, contou.

Reunindo cerca de 50 alunos, o professor afirma que estudantes e educadores dos colégios Odorico Tavares, Senhor do Bonfim e Manoel Novaes também irão se juntar ao ato. Por conta da mobilização, que bloqueia uma das vias, o trânsito é complicado na região.18924,estudantes-protestam-contra-demissoes-em-escolas-secretaria-nega-prejuizo-2 (1)

Procurada, a Secretaria de Educação da Bahia afirmou que os contratos com as empresas que prestavam estes serviços chegaram ao fim na semana passada e não estavam em conformidade com a Lei Anticalote, como explicou o secretário de Educação, Walter Pinheiro, em entrevista à Metrópole na última sexta.

Segundo a pasta, os diretores das escolas estaduais foram orientados a autorizarem a contratação dos prestadores de serviço para as unidades escolares. “As empresas vencedoras da licitação realizada pela Secretaria da Administração do Estado (Saeb) para serviços terceirizados nas escolas, já estão em processo de contratação dos trabalhadores. “As empresas vencedoras da licitação realizada pela Saeb para serviços terceirizados nas escolas, já estão em processo de contratação dos trabalhadores”, explicou.

 

Fonte: Metro 1

Relacionados