Saiba quais são os principais desafios do governo Bolsonaro na Educação

Depois de reação negativa da bancada evangélica sobre indicação para o Ministério da Educação, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), chamou de ‘fake news’ as notícias de que ele teria convidado Mozart Ramos para o cargo.

Ele não descarta conversar com Mozart, que é diretor do Instituto Ayrton Senna, mas disse que estuda indicar o procurador Guilherme Schelb para o MEC.

“Eu vou conversar hoje com o senhor Guilherme Schelb também. A gente conversa para tomar lá na frente. É um ministério importantíssimo, como outros, e é ali que está o futuro do Brasil”, disse.

Schelb é procurador e defende bandeiras comuns a Bolsonaro e à bancada evangélica, como a proibição de que escolas discutam temas como gênero e sexualidade.

A bancada evangélica reagiu na quarta (21) a notícias de que Ramos poderia assumir o Ministério.

O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RS) disse que Ramos desagrada o grupo e pediu uma conversa com Bolsonaro para discutir a escolha para Educação.

Ramos nega que tenha sido convidado e aceitado ser ministro, mas a informação foi confirmada à Folha de forma reservada por pessoas da equipe do futuro governo.

O diretor disse em nota, na quarta, que vem a Brasília nesta quinta-feira (22) para conversar com a equipe de Bolsonaro sobre Educação. “Eu converso com todo , não sei se ele vai estar em Brasilia hoje. Eu converso com ele sem problema nenhum. Já conversei no passado com a Viviane Senna, com outras pessoas”, disse o presidente eleito.

PRINCIPAIS DESAFIOS PARA A EDUCAÇÃO

BNCC (Base Nacional Comum Curricular)

O documento que indica o que as escolas públicas e privadas devem ensinar da educação infantil ao ensino fundamental está em fase de implantação nos estados e municípios. Ainda falta a parte referente ao ensino médio.

Ensino médio

Considerado o maior gargalo da educação básica, com altas taxas de abandono e baixos indicadores de aprendizado. A reforma da etapa, proposta pelo governo Temer, só pode ser posta em prática após a aprovação da BNCC referente à etapa (ainda está em discussão no Conselho Nacional de Educação). Além disso, parte do conteúdo poderá ser oferecido a distância.

Educação infantil

Menos de um terço das crianças de até 3 anos estão em creches. A meta incluída no PNE (Plano Nacional de Educação) é matricular ao menos metade das crianças dessa faixa etária até 2024. Na pré-escola, todas as crianças de quatro e cinco anos deveriam estar matriculadas desde 2016. No entanto, mais de 500 mil não têm vaga (9,5% do total)

Escola sem Partido

O projeto, que limita a liberdade do professor na sala de aula e veta abordagens sobre temas de gênero e sexualidade, tramita no . Bolsonaro é favorável à proposta e descreve a suposta doutrinação política como um dos grandes problemas da educação. Segundo especialistas, essa visão coloca em jogo o modelo de escola que o país deveria adotar.

Fundeb

O fundo, uma das principais fontes de da educação básica no país, deixa de valer em 2020. Novas versões são discutidas no Nacional, e propõe-se, entre outras coisas, ampliar a contribuição financeira da União.

IBGE mostra 83,5 milhões de ocupados na segunda semana de junho

De acordo com a PNAD Covid semanal, divulgada hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 83,5 milhões de pessoas constituíam a população ocupada do...

Governo do Estado envia insumo hospitalar para o interior da Bahia

O Governo do Estado enviou, nesta sexta-feira (3), 201 mil máscaras de tecido e TNT para 28 municípios do interior da Bahia, além de três túneis de...

Reforma da BA-084 beneficia 95 mil habitantes no Recôncavo Baiano

Mesmo durante o enfrentamento à pandemia de Covid-19, o Governo do Estado continua avançando com obras de infraestrutura importantes para o desenvolvimento da Bahia. Um exemplo disso...

Governo do Estado entrega 1 milhão de máscaras em 190 municípios baianos

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), já entregou 1 milhão de máscaras de proteção para 190 municípios baianos....