Tumores em realidade virtual podem ajudar no diagnóstico de câncer

A realidade virtual pode se tornar em breve uma grande aliada na luta contra o câncer. A criação de mapas detalhados sobre os tumores dos pacientes é capaz de aprimorar a maneira como os médicos estudam a evolução da doença em cada organismo, gerando tratamentos mais efetivos de combate à sua evolução.

Construído por médicos do Instituto Britânico de Cambridge de Pesquisa contra o Câncer (CRUK), o sistema de realidade virtual faz varreduras detalhadas de tecidos com câncer de mama e os transforma em simulações às quais médicos de todo o mundo podem ter acesso, segundo reportagem da BBC.

Mais detalhes e melhores diagnósticos

A simulação permite que os médicos analisem cada célula de um tumor, algo que não era possível até agora. “Entender como as células cancerígenas interagem umas com as outras e com tecidos saudáveis ​​é fundamental se formos desenvolver novas terapias”, disse Karen Vousden, cientista-chefe do projeto, à BBC. “Observar os tumores usando esse novo sistema é muito mais dinâmico do que as versões 2D estáticas com as quais estamos acostumados.”

A facilitação da análise dos tumores traz vantagens muito aguardadas pela comunidade médica. Além do aumento dos detalhes, a realidade virtual possibilita a participação de mais especialistas em um mesmo caso. Como as informações são armazenadas em uma simulação e disponibilizadas virtualmente, os dados se tornam acessíveis por pesquisadores que não podem ter acesso físico às amostras do paciente, melhorando as perspectivas de diagnóstico especializado e podendo reunir médicos do mundo todo.

*exame

Relacionados