Doze anos após inseminação, mulher conhece doador e se apaixona

Quando Jessica Share recorreu a um banco de esperma para iniciar uma família, não imaginou que se apaixonaria pelo doador mais de uma década depois. Hoje em dia, ela, Aaron e sua filha Alice vivem juntos em Seattle. Jessica contou sua história a BBC.

Sua filha mais velha, Alice, nasceu em 2005 e é fruto de uma relação com sua ex-mulher. “Desde que nos conhecemos, sonhávamos em ter filhos juntas. Decidimos que teríamos quatro e escolhemos os nomes”, relatou.

Ela e sua esposa da época descobriram um banco de esperma onde os doadores anônimos assinavam um termo impedindo-os legalmente de pedir a custódia das crianças que ajudaram a conceber.

Então, Jessica passou pela gestação do primeiro bebê, optando por um doador semelhante a companheira, um escritor e taxista com estatura e peso medianos, cabelos castanhos ondulados e que havia estudado literatura.