Pente-fino no INSS: governo vai enviar MP ao Congresso

A equipe do presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve enviar uma MP (medida provisória) ao Congresso Nacional para fazer um pente-fino nos benefícios pagos pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

A medida teria como objetivo “aperfeiçoar a organização do INSS, corrigir distorções legais e coibir fraudes”. Conforme a MP, os analistas do seguro social que encontrarem pagamentos irregulares no pagamento de aposentadorias e pensões ganhariam um bônus de R$ 57,50. O foco será reavaliar casos de pensão por morte, aposentadoria rural e auxílio-reclusão.

De acordo com a coluna ‘Mercado’, do jornal Folha de S. Paulo, esta medida faz parte de um conjunto de ações que Bolsonaro deseja realizar para modernizar a legislação. Com isso, a gestão espera gerar uma economia de R$ 9,3 bilhões em um ano, já descontando os pagamentos dos bônus.