Comissão de Tecnologia da Câmara Federal conhece sistemas da BA

Pioneira no Brasil nas implantações dos sistemas de Reconhecimento Facial e Leitura de Placas, a Bahia apresentou as suas ferramentas para a Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara Federal de Deputados. No encontro, realizado na manhã desta quarta-feira (24), em Brasília, o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, mostrou como funcionam os equipamentos e os resultados alcançados.

Identificando quem possui mandado de prisão em aberto e também pessoas com passagem pela polícia, respondendo em liberdade provisória, o sistema de Reconhecimento Facial foi o primeiro a ser demonstrado. Câmeras espalhadas no Aeroporto, Rodoviária de Salvador, Metrô, Arena Fonte Nova, entre outros pontos, auxiliam os trabalhos ostensivo e investigativo.

“Fechamos o primeiro trimestre na capital baiana com 15,4% de redução de homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte. Posicionamos tropas e iniciamos apurações a partir de movimentações suspeitas flagradas pelo equipamento”, contou Barbosa. Durante discurso, o caso do homicida foragido da Justiça flagrado no Carnaval 2019 foi lembrado. “Não adiantou se vestir de mulher. Acabou preso”, completou.

Com relação ao sistema de Leitura de Placas, o secretário salientou a diminuição de 18,6% dos roubos de veículos em Salvador. “Do nosso Centro de Operações e Inteligência acionamos as viaturas mais próximas de carros ou motos com restrições, flagrados pelo nosso equipamento. Abordamos e efetuamos o flagrante”, explicou Barbosa.

O secretário concluiu enfatizando a importância do Brasil se unir no combate ao crime e trabalhar em rede. “Precisamos avançar em tecnologia e ampliar a troca de informações, fortalecendo as forças de segurança”, concluiu.