PCdoB terá candidatura própria para prefeitura de Salvador em 2020

O PCdoB Salvador reuniu seus membros e aprovou resolução que confirma a participação do partido com candidatura própria para a disputa da prefeitura municipal nas eleições de 2020.

O partido considera que o modelo de gestão atual da cidade está esgotado, aprofundou as desigualdades sociais e é inapetente em buscar novas alternativas econômicas para gerar emprego e renda para a população. Considera ainda que o PCdoB tem amplas condições de liderar novamente a frente de oposição e conta com a legitimidade das expressivas votações na cidade nas últimas eleições, além de ter mandatos de destaque nas Casas Legislativas, apoio dos movimentos sociais e é exemplo de gestão nos cargos que ocupou e ocupa na gestão pública. A sigla pretende apresentar este pleito aos partidos de oposição e ao governador Rui Costa.

De acordo com Everaldo Augusto, presidente do Comitê Municipal, a sigla possui nomes preparados e projetos para Salvador. “O PCdoB está com capital político que vem desde a candidatura de Alice Portugal, em 2016, e as expressivas votações dos nossos deputados e deputadas estaduais e federais em 2018, que colocaram Alice e Olívia Santana em posições de destaque. Dois nomes que são citados naturalmente na cidade quando o assunto é disputa para a gestão municipal”.

Everaldo complementou com críticas ao gestor municipal, que considera aliado número um de Bolsonaro. “O prefeito está mais preocupado em apoiar a reforma que destrói a Previdência do que com a cidade. A vida está demonstrando que ele erra em apostar todas as fichas na realização de festas e obras pontuais na cidade, como estratégia de governo. O resultado está aí, todas as pesquisas colocam Salvador em destaque com os piores indicadores do país, quem duvidar basta ver as crianças sem matrícula na rede escolar municipal, os postos de saúde sem profissionais e sem remédios, os ônibus velhos e caros, o nada honroso título de campeã de desemprego, para ficar só em alguns itens”.

E sinalizou para os próximos passos. “Vamos iniciar os debates internos sobre pré-candidaturas capazes de aglutinar ampla frente pela reconstrução de Salvador e de apresentar projetos e alternativas para superar os impasses históricos vividos pela cidade. Vamos conclamar a militância e filiados a participar dos debates, palestras e atividades de rua que percorrerão os bairros da cidade debatendo com a população as questões centrais de um programa que resgate a cidadania, promova a inclusão social e coloque a população no centro das prioridades da gestão municipal.”, finalizou.

Ultimas Noticias

FCM oferece cursos gratuitos para jovens em parceria com o Senai

Os centros municipais de Convivência Socioassistencial, que são geridos pela Fundação Cidade Mãe (FCM) e localizados nos bairros de Canabrava, Engenho Velho de Brotas...

Consórcio do Nordeste lança edital para compras coletivas de saúde

O extrato do primeiro edital de compras coletivas do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste será publicado nesta terça-feira (17), no Diário Oficial...

Agricultura familiar marca presença em encontro internacional Brasil-Alemanha

A agricultura familiar da Bahia está presente na 37ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA), o mais importante evento focado nas relações entre os...

Brasileiras sofrem primeira derrota na Copa do Mundo de Vôlei

ASeleção feminina amargou nesta manhã seu primeiro revés, em jogo pela terceira rodada Copa do Mundo de Vôlei, na cidade de Hamamatsu, no Japão....
Publicidade