Líder da oposição pede que Prisco reveja a posição e acabe com greve da PM

O estadual Targino Machado (DEM), líder da oposição na (ALBa), voltou a pedir a abertura de diálogo para solucionar o impasse entre o governo do estado e policiais , que decidiram por uma greve. Targino afirmou que a situação tem provocado tensão na população baiana e afirmou que “as partes precisam deixar o orgulho de lado e sentar para conversar, pois nesse caso não há vitória, só um clima de tensão que não é bom para ninguém”.

Targino ainda pediu ao estadual Prisco, coordenador da Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), que reveja a posição e retome o diálogo com o governo.

“Tenho feito apelos a Prisco para que esta posição revista e que o diálogo seja restabelecido. Claro que esta foi uma decisão de uma assembleia da categoria, mas faço uma súplica a Prisco, que é um grande líder dos policiais, para que reveja a posição. Esse clima de tensão, de insegurança, só prejudica a população, que já vive assustada com os índices alarmantes de violência na Bahia e agora está desesperada”, pontua o parlamentar.

O líder da oposição reforça que as reivindicações dos policiais é justa e deve ser considerada pelo governo. “Há uma insatisfação e ela precisa ser ouvida. Os policiais têm uma pauta bem definida. O caminho, insisto, é o diálogo”, ressalta.

Em Simões Filho, PM persegue traficantes e encontra drogas enterradas

Traficantes usavam terreno, nos fundos de um condomínio, para armazenar entorpecentes, armas e munições. A 22ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Simões Filho) encontrou drogas e rádios comunicadores enterrados,...

Ceará e Bahia decidem o título da Copa do Nordeste 2020

A noite é de decisão na Copa do Nordeste, o maior torneio regional do país. Ceará e Bahia entram em campo hoje (4), às 21h30 (horário de...