Expulsos de cruzeiro por fazerem sexo barulhento processam empresa

Um casal alemão entrou com uma ação contra uma empresa de cruzeiros depois de ter sido expulso de uma viagem. O motivo? Sexo barulhento.

O jornal alemão Reise Reporter revela que o casal, Renate F. e o marido Volker, partiu no cruzeiro de duas semanas na TUI Cruises no dia 1 de abril, a bordo do Mein Schiff 5. Tinha como destino as ilhas do Caribe. Na primeira noite, o casal teria tido relações sexuais, ao que se teria seguido uma violenta discussão.

De acordo com o casal, a janela do quarto estava aberta durante o momento em que mantiveram relações sexuais e a mulher admitiu ao jornal alemão ter sido “barulhenta”. O casal garante que não causou danos materiais no quarto.

Pouco tempo depois, o gerente do cruzeiro e a equipe de segurança dirigiram-se à cabine do casal e informaram a Renate e Volker que o capitão tinha decidido expulsá-los do navio.

O casal reclama ter sido deixado em Barbados às primeiras horas do dia 2 de abril, com indicações para regressar à Alemanha. Os alemães estão agora processando a empresa pelo custo da viagem perdida, dos bilhetes de avião de retorno e da estadia, assim como todas as restantes despesas.

Em um comunicado publicado pela imprensa internacional, a TUI Cruises não confirmou o motivo da expulsão, salvaguardando apenas que o casal foi retirado para segurança de outros passageiros.

“Devido a um incidente relacionado com segurança, a TUI Cruises fez uso de seus direitos de autoridade doméstica e pediu aos clientes que deixassem o navio”, lê-se no comunicado. “Isso foi feito para proteger a segurança dos hóspedes e a segurança de outros clientes. Já nos comunicamos com o casal em questão e expusemos a nossa visão da situação”.

A empresa escusou-se a detalhar mais informação para proteger “os direitos de personalidade dos hóspedes”. A TUI diz ainda que o custo da viagem de retorno deve ser pago pelo casal, conforme notificado previamente.

Ultimas Noticias

MP extingue multa adicional de 10% do FGTS que ia para...

O governo extinguiu a multa adicional de 10% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de demissões sem justa causa. A decisão...

Não coma fruta parcialmente podre, alerta OMS

Na tentativa de evitar o desperdício alimentar, muitas pessoas optam por retirar a parte podre dos alimentos e consumir o resto. Porém, a Organização...

Bolsonaro sanciona com vetos Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020

O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020. A LDO estabelece que o governo tem de apresentar,...

Em Mata Escura, traficantes desafiam: “Bota a cara, Rondesp”; um morre

Equipes da Rondesp Central trocaram tiros com um grupo de bandidos, na noite de segunda-feira (11/11), no bairro de Mata Escura, em Salvador.Os militares...
Publicidade