Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

Lexa diz que quer filhos com Guimê somente daqui cinco anos

Engana-se quem pensa que vida de cantor de funk é fácil. São muitos shows, rotina atribulada, entrevistas, sessões de fotos, viagens, troca do dia pela noite. Os funkeiros Guimê, 27, e Lexa, 24, casados há quase dois anos, costumam se ver uma vez por semana.

Enquanto o cantor tem uma média de oito shows por mês, a artista faz o dobro disso. “Claro que bate a saudade, mas ele está num estágio em que pode escolher as apresentações que faz. Já está com dez anos de trajetória, e eu estou na correria, não posso me dar ao luxo de optar por shows que quero. Tenho que cumprir tudo”, afirma a cantora.

Guimê concorda com Lexa, com quem se casou em maio de 2018 na Catedral da Sé. Para ele, esse não é o momento de baixar o ritmo, mesmo que “a saudade doa”. “A saudade fica intensa porque a agenda está corrida nesse último um ano e meio. Temos nos encontrado menos. A gente resolve isso por meio da tecnologia. Nós nos amamos muito.”

“A demanda dela é maior e ela gosta de trabalhar. Está num crescimento absurdo e deve aproveitar, mandar marcha, não dá para parar. Ela foi escolhida por Deus”, diz Guilherme Aparecido Dantas, que se converteu neste fim de ano à religião evangélica.

Com o foco na carreira, Léa Cristina Lexa Araújo deixa os planos para aumentar a família para o futuro. “Pode colocar aí mais uns cinco anos. Queria ter dois filhos, um casal seria legal.” “Graças a Deus eu aprendi a enxergar tudo com calma. Eu era da visão de que eu teria que curtir meu filho ainda jovem, mas não é assim. Não teríamos tempo para a família”, pondera Guimê.

Para isso, os dois planejam diminuir o ritmo dos shows nos próximos anos. “Tem que fluir naturalmente. Mas vamos priorizar estar com a família, ter uma vida saudável, porque a noite desgasta a gente. Trampo em excesso é chato. Mas temos metas e só depois de alcançá-las é que daremos essa tranquilizada”, diz. Por enquanto, Lexa e Guimê devem continuar se vendo pouco, mas matando a saudade sempre que possível. O que eles mais gostam de fazer é curtir a casa deles em Alphaville (Grande SP) com os amigos ou ir comer em algum restaurante próximo.

A rotina de Guimê é bem caseira, embora muitos pensem que é o contrário. “Com o tempo você passa a ter mais carinho pelo corpo e pela saúde. Adoro jogar um game, fazer uma viagem com a Lexa de três ou quatro dias, quando possível, e cuidar dos nossos três cachorros”, diz o artista ao citar os “filhos” -um buldogue francês, um vira-lata, que foi presente de Luisa Mell, e um pug, o mais arteiro de todos e “xodó da mamãe”.

Partiu Estágio: 2ª convocação traz oportunidades para Salvador, RMS e interior

O governo baiano realiza a 2ª convocação do Edital 001/2024 do Programa Partiu Estágio, nesta terça-feira (18). Ao todo, são chamados 1.947 universitários de...

Após flagrar Uno transitando em zigue-zague na rodovia, PRF prende motorista totalmente embriagado em Santo Antônio de Jesus

Na próxima quarta-feira (19), a Lei Seca completa 16 anos e desde que a normativa entrou em vigor já ajudou a salvar milhares de...
Prefeitura Porto Seguro

Partiu Estágio: 2ª convocação traz oportunidades para Salvador, RMS e interior

O governo baiano realiza a 2ª convocação do Edital 001/2024 do Programa Partiu Estágio, nesta terça-feira (18). Ao todo,...
Fundação Jose Silveira

Partiu Estágio: 2ª convocação traz oportunidades para Salvador, RMS e interior

O governo baiano realiza a 2ª convocação do Edital 001/2024 do Programa Partiu Estágio, nesta terça-feira (18). Ao todo,...

Após flagrar Uno transitando em zigue-zague na rodovia, PRF prende motorista totalmente embriagado em Santo Antônio de Jesus

Na próxima quarta-feira (19), a Lei Seca completa 16 anos e desde que a normativa entrou em vigor já...

É VALA! Cabeça cara do ‘BDM’ que agia na RMS morre após confronto em Castelo Branco

Um homem, identificado como Ednei Alves Silva dos Santos, de 40 anos, foi morto pela Polícia Civil durante uma...

Hemoba celebra Dia Mundial de Conscientização da Doença Falciforme com forró e palestras

O Dia Mundial de Conscientização da Doença Falciforme (DF) – 19 de junho, criado pela Organização Mundial da Saúde,...