Homem toma “viagra natural” e mata mulher durante sexo

Uma morte trágica movimentou a cidade de Ibadan, Nigéria. Uma mulher sangrou até a morte após fazer sexo com um homem que teria bebido uma poção para aumentar a virilidade. Fatai Busari, 50 anos, foi preso pela polícia e confessou que tomou o afrodisíaco antes de ter relações com Sadiat Adejuwon, 48 anos.

Segundo o advogado de acusação, Fatai e Sadiat trabalhavam como garis e estavam namorando. “No dia do ocorreido, ele tomou uma mistura herbal. Ao realizar o ato, Fatai percebeu que algo estava errado ao ver sangue nas suas partes íntimas. Logo depois, Sadiat morreu”, contou, segundo o jornal The Mirror.

Essa é a primeira audiência do caso na cidade. Fatai terá que comparecer a mais um julgamento antes de ter a pena decretada. Se for considerado culpado, ele pode ser condenado à pena de morte. O homem aguarda, na prisão, a ida à Corte.

Últimas Noticias

Dólar sobe pela quarta vez seguida e aproxima-se de R$ 5,38

Em meio a tensões no mercado doméstico e externo, o dólar subiu pelo quarto dia seguido e voltou a...

Noticias Relacionadas