Ação que deixou cinco do BDM mortos termina com maior apreensão de armas  

Fotos: Alberto Maraux

Na operação, em São Gonçalo, foram localizados dois fuzis, uma carabina, duas metralhadoras e cinco espingardas.

A operação integrada do Comando de Policiamento Especializado (CPE) da PM e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da PC, no bairro de São Gonçalo, representou a maior apreensão de armas de grosso calibre, em uma única ocorrência, em Salvador, no ano de 2020. Dois fuzis, uma carabina, duas metralhadoras e cinco espingardas foram encontrados.

De acordo com a fonte do Informe BBajano os cinco mortos integravam a facção Bonde do Maluco (BDM) e eram subordinados ao traficante ‘Fofão’, que recentemente foi beneficiado com a liberdade condicional.

Carregadores, adaptadores, farta munição, colete balístico, cerca de 80 kg de maconha e embalagens plásticas também foram localizados, na Baixinha de Santo Antônio, com um grupo criminoso envolvido com tráfico de drogas, roubos a bancos e homicídios. O cão farejador Ajax, do Batalhão de Choque, foi utilizado nas buscas.

“Seguimos com o trabalho de inteligência. Vamos chegar nos outros integrantes. Quem tiver mais informações podem nos ajudar através do 3235-0000 (Disque Denúncia da SSP)”, salientou o titular da Coordenação de Repressão a Crimes contra Instituições Financeiras e Extorsão Mediante Sequestro do Draco, delegado Paulo Guimarães.

Participaram da ação equipes do CPE (Batalhão de Choque, Graer, Esquadrão Águia, Operações Gêmeos e Apolo) e do Draco. “Nossos policiais são treinados para atuações contra quadrilhas que usam esses tipos de armamentos. Buscamos sempre as rendições, mas, em alguns casos, eles optam pelo confronto”, destacou o comandante de Operações da PM, coronel Humberto Sturaro.

BDM incendeia caminhão em São Gonçalo do Retiro após levar baque da SSP