Contrato para implantação de indústria de fios de tecido em Luís Eduardo Magalhães é assinado

O contrato de compromisso de instalação e operação de unidade industrial no município de Luís Eduardo Magalhães, no Oeste baiano, foi assinado nesta sexta-feira (25) entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômica (SDE), e o Grupo Nova Tecelagem e Fiação Oeste S/A. O documento consolida o empreendimento, que prevê investimento de R$ 100 milhões e geração de 520 empregos diretos e até 280 indiretos.

“No mês passado assinamos o protocolo de intenções e hoje damos mais esse importante passo para a concretização deste investimento. Dado o momento de reaquecimento da economia, a empresa vai gerar emprego na região e fabricar fio open end (fio de tecido), com produção anual prevista de até 36 mil toneladas. É o casamento perfeito: a produção de algodão de altíssima qualidade no Oeste e a industrialização da cadeia produtiva”, afirma o vice-governador João Leão, titular da SDE.

O presidente do Grupo, Raimundo Delfino, ressalta a celeridade processual do Estado e diz que os maquinários devem começar a chegar em Luís Eduardo no final do ano. A fase de operação industrial deve iniciar no segundo semestre de 2021.

PRF flagra passageira de ônibus com quase 36kg de maconha e skunk em Camacan

Na tarde de segunda (26), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu aproximadamente 36kg de droga, maconha e skunk (conhecida como supermaconha), em um ônibus de transporte interestadual de...

Mais de 60% das crianças ainda não foram vacinadas contra a pólio

Desde o início da Campanha Nacional de Vacinação, no dia 5 de outubro até hoje (26), apenas 35% das crianças (4 milhões) foram vacinadas contra a poliomielite....