Porto de Salvador: carga de cocaína avaliada em R$18 milhões seria enviada para Bélgica

Quatrocentos e setenta e dois quilos de cocaína foram apreendidas, na tarde de segunda-feira (05/10), em uma carga minério de ferro no Porto de Salvador. A droga seria enviada em um navio para a Europa, tendo o porto de Antuérpia, na Bélgica, como destino final. Uma fonte do Informe Baiano calcula que o baque gerou um prejuízo de pelo menos R$18 milhões para o tráfico de drogas.

De acordo com a Receita Federal, a suspeita é de que foi usada a técnica criminosa denominada “rip-off modality”, onde a droga é inserida em uma carga lícita, sem o conhecimento dos exportadores e importadores. O termo está no glossário do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC). A

O material foi encaminhado para a Polícia Federal, que seguirá com a investigação. A apreensão é resultado do controle contínuo da aduana, com uso intensivo de tecnologia e de técnicas de análise e gerenciamento de risco. A Receita Federal informou que este caso já é a 9ª apreensão de cocaína pela Receita Federal no Porto de Salvador, em 2020.

Subtenente da PM é morto durante assalto em São Gonçalo dos Campos

O subtenente da Polícia Militar Isaque Cerqueira, que era regente da banda de música Maestro Wanderley (Feira de Santana), foi morto na tarde deste domingo (25/10),...

Família cobra DHPP sobre sumiço de mecânico em Pirajá: “nem um trote deram”

Desesperados e sem uma única resposta sobre o sumiço do mecânico Ruan Carlos Maia Costa, familiares cobram do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) sobre...

Policial baleado durante operação no Engenho Velho da Federação

Um policial militar foi baleado durante uma ação na tarde deste domingo (25/10), no bairro de Engenho Velho da Federação, em Salvador. De acordo com a fonte...

Dois tentam roubar mulher na Estação Pirajá e são baleados

Dois homens foram baleados na tarde deste domingo (25/10), na Estação Pirajá, em Salvador. Um dos feridos era conhecido como Jhon e não resistiu. O outro foi...