Últimos dias de testagem para o novo Coronavírus nas escolas estaduais de Cajazeiras e região

O processo de testagem para o novo Coronavírus nas 21 escolas estaduais localizadas no bairro de Cajazeiras e região prossegue até sexta-feira (9), com a previsão de cerca de 21 mil pessoas serem testadas. Nesta quarta-feira (7), as equipes de saúde realizaram o procedimento com as comunidades escolares do Colégio Estadual Raymundo de Almeida Gouveia e da Escola Professor Roberto Santos, que são escolas-polo do bairro Castelo Branco. A iniciativa também será realizada nos bairros de Valéria e Fazenda Grande II.

A testagem é desenvolvida pelas secretarias estaduais da Educação e da Saúde (Sesab), com a aplicação de testes do tipo RT-PCR, que serão analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Além disso, as equipes de Saúde estão contando com a colaboração de alguns estudantes residentes da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

A estudante Helen Cristina Silva, 12, 6º ano, do Colégio Estadual Raymundo de Almeida Gouveia, foi cedo fazer o seu teste, na própria escola onde estuda. “É muito importante que a gente faça este teste para saber se estamos infectados ou não. Caso alguém esteja com a doença, a pessoa vai poder tomar os cuidados necessários para não passar o vírus para os outros”, afirmou.

A professora de Língua Portuguesa, Cristiane Barbosa, que leciona no Colégio Estadual Raymundo de Almeida Gouveia, também foi testada. “Acho esta medida essencial para que possa haver um controle maior da doença e, também, para o governo poder saber quantas pessoas estão contaminadas e se há condições de voltar às salas de aula”, destacou.

A também estudante Mariana Vitória Moraes, 17, 7º ano, da Escola Professor Roberto Santos, aprovou a iniciativa. “É muito importante a escola disponibilizar este teste para a gente, de forma gratuita, porque vamos poder saber como está a nossa saúde”, disse.

Para o professor de História, Roberto Vitório Silva, da Escola Professor Roberto Santos, testar a comunidade escolar é fundamental. “A testagem é importante não só para a comunidade escolar perceber como anda o grau de extensão do contágio, mas também até para dar às pessoas que estão na comunidade uma tranquilidade para que a gente possa estabelecer um planejamento para o retorno das aulas”, salientou.

Cronograma de Cajazeiras e bairros adjacentes:

– Em Valéria, o Colégio Estadual Professora Noemia Rego, escola-polo do bairro, atende sua própria unidade escolar, no dia 8 de outubro;
– No mesmo dia 8, o Colégio Estadual Eduardo Bahiana, escola-polo do bairro de Fazenda Grande II, atende sua própria unidade escolar. E no dia 9 de outubro, recebe a comunidade escolar do Colégio da Polícia Militar (CPM) – Dona Leonor Calmon.
– Ainda no dia 9, o Colégio Estadual Dinah Gonçalves, também escola-polo de Valéria, atende sua própria comunidade escolar, assim como a do Colégio Estadual Nossa Senhora de Fátima.

Mulher revela que Ivete Sangalo salvou criança de afogamento em Praia do Forte

Uma mulher revelou nas redes sociais que a cantora Ivete Sangalo salvou seu sobrinho de um afogamento. O ato da artista teria ocorrido no último sábado (24/10),...

TCA em Casa divulga programação da última semana de outubro

Fechando o mês de outubro, o Teatro Castro Alves (TCA) segue em seu ‘TCA em Casa’. A agenda online mantém as atividades de difusão da arte e...

Museu Geológico da Bahia realiza 22ª edição da Semana da Criança

A 22ª edição da Semana da Criança, evento anual promovido pelo Museu Geológico da Bahia (MGB), que ocorre entre os dias 26 e 28 outubro, terá programação...

Secult lança prêmio para Pontos de Cultura pelo Programa Aldir Blanc Bahia

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult) lança, nesta quarta-feira (21), mais um edital do Programa...